quarta-feira, 30 de junho de 2010

Legendas adicionadas no vídeo "Vincent by Tim Burton"

Rumor: Johnny como Doctor Who?


Algumas fontes noticiaram que uma versão do seriado britânico "Doctor Who" está sendo preparada para o cinema com roteiro de Russell T. Davies e lançamento previsto para 2012. As mesmas fontes dizem que Johnny Depp está confirmado no papel do icônico doutor.

O Tor.com divulgou o link do artigo que trata a notícia como confirmada e que também traz alguns supostos comentários feitos por Johnny sobre o personagem. Mas este artigo foi encontrado em um site em que qualquer pessoa pode escrever e publicar gratuitamente, o que significa que até que alguma fonte menos questionável publique algo relacionado, esse rumor pode ser uma mera e infundada invenção.

Doctor Who estreou na televisão em 1963 e teve sucessivas temporadas até 1989, quando parou de ser produzida. Em 2005, a série voltou ao ar. O enredo conta as aventuras do Senhor do Tempo, capaz de viajar por diferentes épocas em sua nave. Atualmente, o ator Matt Smith interpreta a 11ª encarnação do Doutor.

Mais detalhes do processo de criação de Rango



Assim como o Collider (leia aqui), o Rogue Blog também tinha seus representantes na visita aos estúdios de Rango acompanhados pelo diretor Gore Verbinski. No artigo do blog, não há muito mais do que já postamos, mas leia abaixo o trecho em que Johnny e mais alguns detalhes da criação do filme são citados:

Citar:
Alguém perguntou [a Gore Verbinski] como Johnny Depp atuou sem o incentivo de cenários e figurinos. A pergunta fez Verbinski e sua equipe da Paramount rirem, o que naturalmente nos deixou confusos até que o clipe dos bastidores foi mostrado.

Eu fiquei imediatamente surpreso quando vi que no lugar de atores em estúdios separados gravando, todos os atores estavam vestindo figurinos recitando suas falas uns aos outros. Verbinski disse que o que estávamos vendo era "captura de emoção". Para os 20 dias de produção, Verbinski reuniu todos os atores em um palco para que encenassem o filme em uma tentativa de "encorajar falas de sopreposição".

Ele deu figurinos aos atores com microfones e os deixou viver no cenário do filme animado. Não sei se isso é apenas inesperado ou, na verdade, revolucionário. Como disse Verbinski, "só porque é uma animação, eu não queria desistir das técnicas que foram desenvolvidas para live action. O que basicamente, você pode pensar como um caos organizado."

Era evidente que Verbinski e sua equipe estavam "tentando fazer algo diferente." Pelo que vi durante as horas que fui trazido ao processo de produção, Rango, tanto em termos de cinema quanto de tema, consegue promover essa singularidade.

Hollywood agora precisa desesperadamente desse elemento de diferença. O molde e a fórmula para o cinema precisa ser quebrado e reconstruído novamente. Acho que Verbinski e sua equipe têm coragem de dar um passo fora da norma de Hollywood e será muito recompensado com o que parece ser um filme absolutamente maravilhoso e fantástico.

Entrevista com Gore Verbinski sobre Rango!

Imagem

No dia 28 de junho, quando o primeiro poster de Rango foi divulgado, Gore Verbinski, diretor da animação e também da trilogia Piratas do Caribe, abriu as portas da Blind Wink Productions para receber alguns jornalistas. Leia abaixo, o artigo do Collider com alguns trechos da entrevista dada por Gore:

"Eu esperava apenas ter uma pequena prévia, ver o trailer do filme e participar da coletiva com Verbinski. No lugar disto, os outros jornalistas e eu tivemos uma completa tour pelo estúdio, vimos inúmeros rascunhos dos personagens [no mínimo 85, de acordo com o Rogue Blog], assistimos featurettes, clipes e o trailer. Nós pudemos falar abertamente com Verbinski durante a tour com uma coletiva mais tradicional depois. Eu não sabia nada sobre o filme quando andava pelo prédio e me senti incrivelmente animado com ele. Tudo que vimos foi fantástico.

Nossa primeira parada foi em uma sala com rascunhos e versões de todos os personagens de parede a parede.

Verbinski descreveu Rango como:

Um camaleão em uma crise de identidade interpretado por Johnny Depp... Ele meio que se imagina um herói e é arrastado para circunstâncias onde se torna um, e ele tem que finalmente chegar a um acordo entre a diferença de fingir e o que é real, porque as pessoas começam a acreditar nele. Ele é um personagem com essência contemporânea em um gênero faroeste... É um peixe fora d'água... É um ator em busca de audiência. Ele está em um terrário e faz amizade com os objetos inanimados a sua volta e o chama pelos nomes.

Isso foi o que Verbinski tinha a dizer sobre a origem do filme:

Realmente começou com esse conceito de primeiro criar um gênero faroeste baseado em criaturas do deserto e então sentei com quatro de meus ilustradores favoritos e disse "Vamos nessa. Essa é a única regra." Cobras, tartarugas, lagartos, tudo. Saindo disto, começamos a construir a iconografia e a primeira foi apenas a silhueta das formas. Ao mesmo tempo, trabalhamos no roteiro com John Logan e as duas coisas se influenciaram [...] Tenho trabalhado neste projeto desde 2005, com o autor de livros infantis David Shannon e o produtor John Carls... Eu trouxe Johnny durante Piratas do Caribe 2, porque tinha o esboço de base e sempre sentimos que ele é meio como um lagarto... Algumas de suas características físicas são muito como a do lagarto... Um ano e meio depois mostramos a ele, a história, e ele adorou.

Outros personagens que vimos inclui um tatu chamado Roadkill dublado por Alfred Molina, um xerife da cidade por Ned Beatty, uma cobra com a voz de Bill Nighy e as corujas que atuam como um coro, mas com um toque mariachi. As corujas serão vistas no filme narrando a história de Rango com um humor cínico. Isla Fisher e Abigail Breslin também emprestam suas vozes. Em resumo, Verbinski disse que o filme "é uma missão. É uma busca pela identidade. Uma jornada em um mundo estranho para Rango."

[...]

Durante a coletiva, os principais pontos abordados por Verbinski:

- Verbinski disse que baseou o visual do filme em uma cidade mexicana, Real de Catorce, onde filmou The Mexican. O diretor retornou à cidade para pesquisar.

- O filme, no entanto, não se passa no México, mas sim em uma cidade no Deserto de Mojave, chamada Dirt.

- O filme terá momentos que apelam para adultos e crianças: "Se você tem nove anos de idade, bater em alguém com uma panela é engraçado. Para quem tiver sessenta anos, terá referências de Jean Paul Sartre lá..."

- Verbinski diz que o filme é inspirado em clássicos de faroeste como os filmes de John Ford, mas também é excessivamente influenciado pelo gênero Spaghetti Westerns.

- A interpretação de Depp foi influenciada por Don Knotts e Bill Murray.

Johnny Depp empresta voz para um camaleão em filme

railer do longa-metragem “Rango” cai na internet
QUEM Online
Reprodução
Johnny Depp empresta a voz para um camaleão no longa-metragem "Rango"
Johnny Depp empresta sua voz para um camaleão bem atrapalhado no longa-metragem “Rango”. O trailer da película caiu na internet, nesta terça-feira (29). Na história, o camaleão enfrenta uma crise de identidade. A animação é dirigida por Gore Verbinsk.
Confira o vídeo:


Terceira parte da saga Crepúsculo, Eclipse estreia hoje




Em Crepúsculo (2008), Bella (Kristen Stewart) é uma garota sem graça que se apaixona pelo galã misterioso Edward (Robert Pattinson). O rapaz se revela um vampiro, que, ainda assim, corresponde à atração, numa síntese de romance fantástico com história de terror. Há vampiros maus também, e um deles até tenta acabar com a mocinha, mas ela é salva, como em todo conto de fadas que se preze. Em Lua Nova (2009), continuação da saga, o então preocupado Edward tem uma crise de consciência sobre os perigos de namorar uma presa em potencial, e abandona Bella. No universo bizarro da série, a fossa da garota também não poderia ser curada por outro cara qualquer, mas um lobisomem igualmente apaixonante, só que divertido: Jacob Black (Taylor Lautner). Mas eis que Edward retorna, provando que o amor é mais forte e vence a concorrência sobrenatural.
A terceira parte dessa história chega aos cinemas hoje em todo o mundo com dose extra de absurdo, mas felizmente mais humanizada e menos platônica. Eclipse não é mais um romance convencional, mas um triângulo amoroso em que o carisma de Lautner serve de respiro à relação sufocante e ofusca a beleza sem graça do badalado Pattinson. As piegas juras de amor dividem espaço com crises de ciúme e até uma curta batalha. Ah, sim, Bella e Edward ainda estão juntos.

terça-feira, 29 de junho de 2010

Trailer de #Rango com legendas adicionadas! JohnnyDepp empresta sua voz ao personagem principal.

Gok Wan elogia estilo de Johnny



Gok Wan quer roubar o estilo de Johnny Depp. O estilista britânico tem inveja do ator por ele sempre estar "criativo" e bonito.

"Eu gostaria de roubar o estilo de Johnny porque ele é inovador e criativo e um pouco excêntrico. Ele é ótimo em 'roubar a cena'," disse o estilista que também já apresentou alguns programas de TV.

Fonte

Espanha vence e pega Paraguai nas quartas

Ashton Kutcher veste mais uma vez a camisa brasileira

Ator está na torcida pela seleção do Brasil na Copa do Mundo 2010
QUEM Online
reprodução/twitter
Ashton Kutcher vestiu mais uma vez a camisa da seleção brasileira para torcer pelo jogo desta segunda-feira(28) contra o Chile, nas oitavas de final.

O ator americano, usando a camisa número 10 do jogador Kaká, lançou sua campanha pela seleção brasileira minutos antes do início da partida: "Quem está pronto para o futebol?", perguntou o ator para seus seguidores no microblog. Em seguida, Ashton trocou mensagens com o apresentador do "CQC", Marco Luque: "Hora do jogo!!!".

Empolgado, o ator vibrou durante os gols do Brasil no primeiro tempo da partida: "GOOOOOOOOOOOOOL!!!", comemorou Ashton com seus seguidores.

Esta não é a primeira vez que Ashton Kutcher posa com  uniforme brasileiro. No jogo de estreia contra a Coréia do Norte, o ator torceu e até mandou um recado para Kaká: “Boa sorte hoje, Kaká”.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Revista divulga lista dos mais poderosos: Oprah no topo, Beyoncé em segundo e Johnny Depp em nono lugar..

A revista "Forbes" divulgou sua lista anual com os mais poderosos do showbiz. A apresentadora Oprah Winfrey lidera o ranking, após ter perdido a posição para Angelina Jolie em 2009 (em 2010, a atriz é a 18ª). Em segundo vem Beyoncé, e em terceiro o diretor de "Avatar" James Cameron.

Única celebridade brasileira a constar na lista, Gisele Bündchen ocupa a 85ª posição. Segundo a publicação, a top faturou US$ 25 milhões (cerca de R$ 50 milhões) no último ano. Confira os dez primeiros do ranking, que leva em conta a fortuna acumulada pela celebridade em um ano e também sua influência







1. Oprah Winfrey - US$ 315 milhões
2. Beyoncé Knowles - US$ 87 milhões
3. James Cameron - US$ 210 milhões
4. Lady Gaga - US$ 62 milhões
5. Tiger Woods - US$ 105 milhões
6. Britney Spears - US$ 64 milhões
7. U2 - US$ 130 milhões
8. Sandra Bullock - US$ 56 milhões
9. Johnny Depp - US$ 75 milhões
10. Madonna - US$ 58 milhões

Atualização no site oficial de Rango!

Depois de ter seu primeiro poster divulgado, Rango ganhou uma nova atualização em seu site oficial: o peixe de brinquedo anunciando "2 dias" e nada mais. Clique para acessar:

Imagem

Quem sabe teremos novidades em dois dias, possivelmente um novo teaser. :wink:

O site está recheado de surpresas escondidas, para ver como encontrá-las, clique aqui.

Site oficial de Rango é atualizado!

O site oficial da animação Rango, prevista para estrear ano que vem, que terá a voz de Johnny foi atualizado com algumas novidades. O até então cenário vazio ganhou a presença de alguns personagens "escondidos".

A seguir veja como fazê-los aparecer:

Cenário: Arraste o mouse para a direita para mover o cenário.
Coruja: Arraste o mouse em cima do violão de um lado para outro para a coruja aparecer e continuar tocando a música.
Sapo: Clique no sapo que está dormindo até que ele levante. Em cada clique, ele irá reclamar, seja em inglês ou em espanhol, dizendo coisas como “Não tem ninguém em casa” ou “Não é engraçado”.
Esquilos: Em certo momento clique no tatu que fica rolando do lado direito do sapo para que ele pule dentro do buraco. Depois de fazer isso algumas vezes, dois esquilos aparecerão. Pelo que parece, eles estão planejando assaltar um banco.
Rádio e peixe: Passe o mouse em cima de ambos para estes emitirem som.
Coqueiro: Clique no coqueiro que está caído na beira da estrada para que ele se levante. Depois clique novamente para ele lançar cocos nos carros que passam.
Postes: Clique nos postes para eles se moverem. Depois de clicar em três diferentes, uma ave sairá correndo detrás de um deles.
Além disso, quando cai a noite na vida real anoitece no site.
Disco voador: Se você acessar o site a noite e clicar em uma estrela que brilha mais que as outras e continuar clicando nas estrelas que aparecerem, um disco voador aparecerá.

Prints da coruja e do sapo:
Imagem Imagem

E acesse o site:

http://www.rangomovie.com/

Nenhuma informação sobre os personagens foi divulgada, com sorte, logo teremos novidades.

Primeiro poster de Rango!

O nome de Gore Verbinski é hoje automaticamente associado aos filmes Piratas do Caribe (ele dirigiu os três). Mas agora Verbinski está prestes a estrear uma nova história que, a exemplo da franquia dos piratas, é protagonizada por Johnny Depp. Ou melhor, a voz de Johnny Depp. Estamos falando de Rango, animação cuja dublagem do personagem central é feita por Depp como um camaleão com crise de identidade.

Ainda no time de estrelas que fazem a dublagem dos demais personagens estão Isla Fisher, Abigail Breslin, Alfred Molina, Bill Nighy, Harry Dean Stanton, Ray Winstone e Timothy Olyphant.

A previsão é de que o filme chegue aos cinemas brasileiros no dia 15 de abril.

Aqui vai o primeiro cartaz oficial do filme e esta também é a primeira vez que o personagem de Johnny é apresentado:

Imagem

Fonte

Primeiro poster de Rango! Dublado por #JohnnyDepp!

Angelina Jolie não descarta outro filho: "Desde que eu tenha tempo para todos"

Em entrevista à revista Vanity Fair, atriz diz que personalidades dos filhos está florescendo e exigem mais apoio emocional.
Do EGO, no Rio




Angelina Jolie para Vanity Fair

Na entrevista que deu à revista "Vanity Fair", Angelina Jolie contou que não descarta aumentar ainda mais à família, mas diz também que precisa garantie que cada dos filhos possa receber atenção.

"Não somo contra essa ideia (ter outro filho). Mas queremos ter certeza de que podemos dedicar nosso tempo a cada um deles. É mais fácil quando eles são pequenos, disse, e não exigem tanto apoio emocional. Mas conforme eles vão crescendo precisam cada vez mais de conversas no meio da madrugada, como eu fazia com a minha mãe por horas. Queremos ter certeza de que não vamos construir uma família tão grande que não vamos ter tempo em absoluto para alcançar cada um deles bem", explicou.

A atriz contou ainda que personalidade do filhos estão florescendo. "Shiloh gosta de se vestir como um menino. Madoxx é um intelecutual enquanto Zahara tem uma voz extraordinária, é tão elegante e fala tão bem. Os gêmeos, Knox e Vivienne, são o clássico menino e menina. E ele é um rapazinho".

Brasil segue roteiro, vence o freguês Chile por 3 a 0 e avança às quartas Time de Dunga consegue seu sexto triunfo consecutivo sobre o adversário, com gols de Juan, Luis Fabiano e Robinho, e agora encara a Holanda

Brasil vence e vai às quartas contra Holanda

Ag. / AP 
 
 
 
Freguesia é coisa para ser respeitada, e o Brasil manteve sua tradição diante do Chile na noite desta segunda-feira no estádio Ellis Park, em Joanesburgo. Mesmo desfalcado de Felipe Melo e Elano, machucados, a seleção venceu pela sexta vez seguida o rival, o maior freguês desde que Dunga assumiu o cargo, em 2006. Os 3 a 0 sobre a equipe do argentino Marcelo Bielsa garantiram os brasileiros nas quartas de final da Copa da África do Sul.
Robinho Brasil x ChileRobinho desencanta na Copa do Mundo e fecha o placar no Ellis Park: 3 a 0 para o Brasil (Foto: Reuters)
A receita verde-amarela para ganhar foi bem conhecida: bola parada na cabeçada de Juan, contra-ataque mortal para Luis Fabiano marcar e, para completar, gol de Robinho após roubada de bola de Ramires. Foi a oitava vez que o atacante do Santos balançou as redes chilenas, igualando-se a ninguém menos que Pelé como maior carrasco do adversário. Ele foi eleito o melhor em campo em votação no site da Fifa.
O terceiro triunfo sobre o Chile em jogos decisivos de Copa (os outros foram na semifinal em 1962 e nas oitavas em 1998) pôs a equipe de Dunga frente a frente a outro rival conhecido, a Holanda. A quarta partida entre os países em Mundiais será na sexta-feira, às 11h (de Brasília), em Porto Elizabeth, no estádio Nelson Mandela Bay.
Quatro minutos de susto. E só
Os primeiros quatro minutos de jogo deram a impressão de que o Chile colocaria na prática a formação ofensiva que apresentou no papel - com Beausejour, Alexis Sánchez, Mark González e Suazo. Foi o período do jogo em que o Brasil esperou em seu campo defensivo, viu o adversário tocar a bola e teve apenas 27% de posse de bola. Um contra-ataque mal aproveitado por Luis Fabiano, com um chute fraco e para fora, mudou o panorama.
A partir de então, o Brasil tomou para si a iniciativa do jogo e teve pela frente um adversário que se limitou a defender. Com boa movimentação no meio-campo, o time de Dunga encontrou espaços com facilidade, mas falhou nas tabelas, interrompidas por erros de passe. Os chutes de fora da área, que em princípio pareciam uma opção a mais, transformaram-se na principal arma ofensiva nos primeiros 30 minutos. Gilberto Silva e Ramires arriscaram, colocando Bravo para trabalhar um pouco.
Juan Luis Fabiano Brasil x ChileJuan comemora com Luis Fabiano o primeiro gol brasileiro diante do Chile (Foto: Getty Images)
Na defesa, no entanto, os volantes pouco ajudavam na saída de bola, obrigando Julio Cesar e os zagueiros a apelarem para chutões para frente. O Brasil reclamou de um pênalti em Lúcio, mas conseguiu abrir o placar quando tentou consertar um dos seus erros, a pouca iniciativa pelas pontas. Numa rara jogada de linha de fundo, Maicon conseguiu escanteio que ele mesmo cobrou. Protegido por Lúcio e Luis Fabiano, Juan saltou e cabeceou, vendo a bola passar sobre a mão do baixinho Bravo (de 1,83m) e fazendo 1 a 0 aos 34 minutos. Foi seu sétimo gol pela seleção, o quarto sobre o Chile.
A seleção aproveitou a vantagem e se manteve no ataque, chegando ao segundo gol três minutos depois. Se abriu 1 a 0 em um lance de bola parada, fez 2 a 0 em outra especialidade desse time: o contra-ataque. Robinho correu pela esquerda e encontrou Kaká no meio, na entrada da área. Com apenas um toque, típico do camisa 10, ele deixou Luis Fabiano na cara do goleiro. O atacante, que um minuto antes se atrapalhara sozinho em um toque de calcanhar, driblou Bravo com estilo e fez seu terceiro gol nesta Copa. O jogo, complicado até os 34 minutos, chegou ao intervalo com boa vantagem no placar para a seleção.
Ramires ajuda no gol, mas leva amarelo
O Chile fez duas alterações para a segunda etapa, entrando Tello e Valdivia nos lugares de Contreras e González. Mas a postura continuou a mesma, de excessivo respeito. O time de Marcelo Bielsa não se jogou ao ataque e sofreu com erros de passe no meio-campo, problema compartilhado pelo Brasil, que com isso teve dificuldade para aproveitar os espaços fartos. Kaká, que não esteve numa noite inspirada, apesar da assistência, errou passe fácil aos sete minutos, o que deixaria Robinho na cara do gol.
Se não estava tão fácil construir jogadas, o melhor jeito de chegar ao gol foi destruindo. Ramires roubou bola no meio-campo e acelerou em direção à área, livrando-se de dois marcadores e desviando a bola do terceiro, dando passe para Robinho. O atacante chutou e tirou a bola do alcance do goleiro, fazendo 3 a 0 aos 14 minutos. Desencantou no Mundial na África do Sul, marcando seu primeiro gol.
Gol Robinho comemoração BrasilRobinho se ajoelha e comemora com Kaká,
Ramires e Luis Fabiano (Foto: Reuters)
Com uma vantagem tranquila no placar, diante de um adversário que não ameaçava, o Brasil tinha a preocupação principal de não ter um jogador suspenso para as quartas de final. Fracassou nessa missão. Ramires fez falta dura e desnecessária e recebeu seu segundo cartão amarelo na competição. Quatro minutos depois, Dunga resolveu mexer no time pela primeira vez, trocando Luis Fabiano - outro pendurado - por Nilmar.
Num jogo morno nos últimos 20 minutos, o Brasil ainda teve boa chance de marcar o quarto gol, mas Bravo fez defesa em chute cruzado de Robinho. E Julio Cesar enfim entrou em ação, aos 29 minutos, em jogada individual do isolado Suazo, que em outro lance chutou uma bola que quicou no travessão. Sem muito com o que se preocupar, Dunga promoveu a estreia de dois jogadores, Kleberson e Gilberto, que substituíram Kaká e Robinho, respectivamente.
 

AS MÃOS DO JOHNNY....



as 
mãos...AS MÃOS   
              



Quando estão unidas, jamais serão vencidas;
Esse é o lema para as pessoas civilizadas, que procuram dar afeto e recebê-lo.
As mãos representam tudo o que queremos expressar com palavras ou um simples olhar. 
É pelas mãos que podemos conhecer a personalidade de uma pessoa.
Temos que ser, apenas, intuitivos e sensíveis, para sabermos como entender o significado de um aperto de mão.
As mãos não enganam! 
São por elas que podemos até calcular mais ou menos, a idade cronológica de uma pessoa. 
Mostram quando as pessoas são falsas, verdadeiras, inseguras e até mesmo nos revela a parte sentimental, sexual, vida curta ou prolongada....
Apenas, insisto, temos que conhecê-las.
Cuide bem de suas mãos, pois é também por elas que adquirimos certas doenças. 
Mãos frias, ah! quanto amor para dar.... 
Mãos enrugadas .... representa preocupação excessiva. 
Mãos demasiadamente quentes, pessoas tranqüilas consigo mesmo.
E assim, por diante....  Mãos.....parte mais sensível, mais amiga, mais representativa em nosso corpo!
Use-as para acariciar e também para ensinar, quando for necessário.

pensamentos by johnny depp

Não quero fingir que sou algo a mais do que realmente sou. Não quero dar a imagem de sensível ou difícil, ou cool ou inseguro. Sou bastante antiquado. Não consigo pensar em mim como alguém famoso. Vejo-me como um velhinho sentado num alpendre, olhando para um lago...
Johnny Depp


Francamente, eu sou tímido e paranóico
Johnny Depp


Meu corpo é meu diário e minhas tatuagens são minhas histórias
Johnny Depp



As únicas criaturas que são evoluídas o bastante para carregar o amor puro são cachorros e crianças
Johnny Depp


Quando eu era adolescente, era muito inseguro. Eu era o tipo de cara que nunca se ajustou com algo porque ele nunca ousaria a escolher algo para si. Eu absolutamente não tinha talento. Para nada. E isso fez com que toda minha ambição fosse embora também
Johnny Depp

'Pirata' Johnny Depp parte para novas aventuras



Johnny Depp irá encontrar uma mulher do seu passado e trocará de barco no próximo episódio da série Piratas do Caribe, disse o estúdio Disney nesta segunda-feira (21).
» vc repórter: mande fotos e notícias
A produção do quarto filme da série, chamado Pirates of the Caribbean: On Stranger Tides (Piratas do Caribe: em Marés Mais Estranhas) já começou, com a previsão de estrear em 3D em 20 de maio de 2011
Os três filmes anteriores arrecadaram mais de 1 bilhão de dólares só nos EUA e Canadá.
No quarto episódio, Jack Sparrow irá se envolver com uma personagem vivida por Penelope Cruz, que irá forçar o pirata a embarcar no legendário Queen Anne's Revenge, o banco do pirata Barba Negra, que será interpretado por Ian McShane.
Cruz e McShane de certa forma substituem os atores Orlando Bloom e Keira Knightley como participantes da série. Bloom, aliás, anunciou na segunda-feira que está noivo da modelo Miranda Kerr.

Angelina Jolie diz que atuar não é a coisa mais importante em sua vida

Atriz estampa edição de agosto da 'Vanity Fair'.
Do EGO, no Rio




Vanity
 Fair/-Reprodução

Angelina Jolie para "Vanity Fair"


Angelina Jolie posou para a edição de agosto da revista "Vanity Fair". Sem muito glamour, ela posou descalça e usando um terninho e em entrevista falou sobre a carreira e a família: "Atuar não é a coisa mais importante da minha vida. A carreira me ajudou quando eu estava crescendo. Me ajudou a aprender mais sobre mim mesma, me ajudou a viajar, me ajudou a compreender a vida, me expressar, todas essas coisas maravilhosas. Então sou muito, muito agradecida, é um trabalho muito divertido. É um luxo. Olha, hoje estou no trabalho em Veneza. Mas não acho que farei mais por muito tempo".

Sobre os filhos, ela contou que Shiloh acha que é um menino e que Maddox gosta de história: "Ele é um intelectual, e eu não posso ganhar crédito por causa da genética. Ele é ótimo na escola, ótimo em história. Ele acha que pode se tornar um escritor ou viajar o mundo e aprender sobre lugares".

domingo, 27 de junho de 2010

Robert Pattinson como Edward Mãos de Tesoura…?

Oi, como assim?
Ficamos sabendo de um rumor que estava rolando solto pela internet falando que o Pattinson faria outro Edward, dessa vez em um remake do perturbado e imortalizado Edward Mãos de Tesoura interpretado originalmente por Johnny Depp no clássico de 1990. Ok, fomos atrás disso e heis o que encontramos:
Remake de ‘Edward mãos-de-tesoura’: Foi mal fãs de Robert Pattinson, mas é só um boato.
Quem sabe como o último boato da internet – que Robert Pattinson seria escalado como Edward Mãos de Tesoura em um remake do filme de Tim Burton de 1990 – começou? Nós culpamos Twitter.
Se bem que, para alguns fãs, Pattinson não parece ser a pior escolha do mundo: Nos filmes Twilight, ele realmente está pálido e tem o cabelo espetado, como Johnny Depp no filme original. Ele poderia, provavelmente, também ficar bem com aquela roupa de couro.
E, é claro, Pattinson já interpreta um cara chamado Edward, então ele não iria ficar confuso se acidentalmente o diretor o chamasse pelo nome do personagem de “Mãos de Tesoura”. (Na verdade, nós recomendamos que Pattinson só interprete personagens com o nome “Edward” a partir de agora. O que vem a seguir: King Edward? Edward R. Murrow?)
Mas seja se você está indignado ou animado com essa notícia, tudo é bem discutível: É apenas um boato. Então fica certo, no entandt, que é possível que um dia tenha um remake que vá nos perturbar, mas – por enquanto – não é preciso ter medo que Pattinson irá substituir Johnny Depp em nossas memórias queridas.
Ou seja. Nada certo. Não é muito esclarecedor, mas só nos resta esperar por algum anúncio oficial.
Na minha humilde opinião, clássico é clássico e não tem porquê fazer remake de algo que já é tão bom originalmente!
Mas é no mínimo interessante imaginar como o Robert ficaria vestido com uma roupa de couro daquele estilo……. hm.

Luva de cristais usada por Michael Jackson é leiloada por US$ 190 mil

Evento em Las Vegas arrecadou US$ 1 milhão com memorabilia do astro.
Em 2009, luva semelhante foi vendida por menos de um terço deste valor.


Luva cravejada de cristais que Michael Jackson usou em turnê 
foi leiloada nos EUA.Luva cravejada de cristais que Michael Jackson usou em turnê foi leiloada nos EUA. (Foto: Robyn Beck/AFP)
Uma luva cravejada de cristais usada por Michael Jackson em uma turnê realizada em 1984 foi leiloada por US$ 190 mil em evento ocorrido neste fim de semana em Las Vegas, nos Estados Unidos. A informação é da BBC.
O leilão permitiu que fãs adquirissem 200 itens que pertenceram ao rei do pop - o montante total obtido pelo evento chegou a US$ 1 milhão.
Alguns dos itens leiloados chegaram a ser vendidos por 10 vezes o valor estimado inicialmente.
O valor da memorabilia de Michael Jackson mostra que vem crescendo o interesse pelo legado do cantor: em setembro de 2009 outra luva usada por ele foi vendida por US$ 49 mil, menos de um terço do valor obtido no novo leilão.
Para o organizador do evento, Darren Julien, "isso só mostra como Michael é a celebridade mais querida de todos os tempos". "É fenomenomal. Pessoas vieram da Ásia, Rússia e outros locais para participar do leilão. Agora que ele se foi é que percebemos a verdadeira lenda que era", diz Julien.

Argentina repete filme, bate o México e vai atrás da Alemanha nas quartas

alemanha avança para a quarta de final da copa na África do sul..

[CAPITÃO!] Jack Sparrow, o rockstar






agradeço


http://www.johnnydepp.com.br/
You Know - Brazilian Johnny Depp Fan Club

Angelina Jolie é capa da “Vanity Fair”

Vídeo exibe uma prévia do ensaio da atriz para a publicação
QUEM Online
.Reprodução 
Angelina Jolie será a capa da edição de agosto da “Vanity Fair”.
A atriz, que promove o lançamento de seu longa-metragem de ação “Salt”, aparece em poses sensuais para o ensaio da publicação.
Enquanto as fotos não são divulgadas, um vídeo com uma prévia do ensaio acaba de cair na internet.
Confira abaixo!





 

Era uma vez Edward Scissorhands nos Trending Topics…

Ontem a noite, o Twitter estava agitado! Geisy Arruda resolveu escrever uma saga literária? Não. Uma nova campanha mandando algum “global” calar a boca? Também não.
Sim, meus caros Deppmaniacs, Edward Scissorhands chegou ao primeiro lugar dos TT’s Mundiais *-*
Os motivos e teorias pra isso eram diversos. Aqui vão as três principais (na verdade são 4, mas um deles surgiu hoje e sinceramente acho que é só mais um boato para os sites atraírem acessos):

Edward Scissorhands estava sendo exibido na TV americana e isso é o bastante para o filme se tornar assunto no Twitter. Sendo que sempre que alguma coisa está passando na TV, piadas e brincadeiras começam e RT’s das piadas também, o que nos leva ao nosso 2º motivo.

A seguinte brincadeira também estava nos TT’s: #IfSouljaBoysARapper. Traduzindo para o nosso tupiniquim: “Se Soulja Boy é um rapper…” Aí o twitteiro completava a frase. E um tal de @MaxxCoolKid escreveu “Se Soulja Boy é um rapper então Edward Scissorhands daria a melhor mãozinha do mundo”. Sim, foi uma ironia ._. Geralmente para alguma coisa entrar nos TT’s alguém com muitos seguidores deve ter postado e essa mensagem teve mais de 100 RT’s. Para ver alguns tweets de ontem: aqui.

Já o terceiro motivo é o que merece a dedicatória deste post:

Nesta última sexta-feira, uma peça de teatro baseada em Edward Scissorhands estreou nos Estados Unidos. Leia mais aqui.

Talvez os TT’s nada tivessem a ver com essa peça, é verdade, mas se não fosse pelo Twitter eu não teria encontrado esse vídeo:





Essa não é a apresentação que estreou no Brooklin propriamente dita, é uma apresentação no gelo de alguns anos atrás. Mas assim que a notícia da peça surgiu a gente começa a imaginar quem interpreta o Edward e esse vídeo ilustra bem. Eu sei que é meio improvável, mas bem que a peça poderia fazer uma tour pela América Latina, né? xD

Ah! E antes que me perguntem outra coisa que tornou Edward Scissorhands um assunto comentado, mas que surgiu só hoje, é que Robert Pattinson é cotado para interpretar o Edward em uma remake da criação de Tim Burton. Duvido disso, já que nem com o próprio Johnny, Tim Burton se animou em fazer uma continuação ou remake do filme. A obra-prima já está feita e eternizada, não faz sentido tentar recriá-la.

Bjohnnies :**

@Patty

Morre, aos 66 anos, o ator e escritor Alberto Guzik

Nome importante do teatro nacional morreu após lutar contra câncer.
Homenagem a Guzik acontece neste sábado (26) em crematório de SP.

Do G1, em São Paulo
O ator, escritor e crítico teatral Alberto Guzik, morto aos 
66, em SP.O ator, escritor e crítico teatral Alberto Guzik, morto
aos 66 anos, em São Paulo. (Foto: Divulgação)
Morreu neste sábado (26) em São Paulo o ator e escritor Alberto Guzik. Conhecido por sua carreira e importância no teatro nacional, ele faleceu aos 66 anos, após lutar contra um câncer no estômago. Ele estava internado no Hospital Santa Helena desde fevereiro.
Uma cerimônia será realizada às 16h30 deste sábado no Crematório da Vila Alpina, na zona leste da cidade.
Nascido na capital do estado em 1944, Guzik foi aluno da Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo e estreou nos palcos em 1967. Em sua carreira, dirigiu e se envolveu na produção de espetáculos de atores essenciais à dramaturgia, como Sofócles, Arthur Miller e Bertold Brecht.
Além de ator, Guzik também foi escritor de peças e livros e trabalhou como crítico teatral para publicações como "O Estado de S. Paulo", "Jornal da Tarde" e "IstoÉ".
Guzik foi um dos idealizadores da escola de artes dramáticas SP Escola de Teatro - Centro de Formação das Artes do Palco, inaugurada em 2009 e localizada no bairro do Brás, em São Paulo.

O vampiro envelheceu

Fenômeno entre as adolescentes, Edward, o herói de "Eclipse", cresce – e avança sobre fãs mais velhos
Danilo Venticinque e Luís Antônio Giron. Com André Sollitto
Divulgação
TRIÂNGULO
Bella (Kristen Stewart), entre Edward Cullen (Robert Pattinson, à esq.) e Jacob Black (Taylor Lautner). Ela se divide entre o amor frio do vampiro e a paixão do lobisomem
Menos de um ano após a última mordida, os vampiros da saga Crepúsculo voltaram a atacar. E, ao contrário do que se espera de seres que não envelhecem, eles não param de crescer. Nascida como uma história infantojuvenil, a aventura da garota que se apaixona por um vampiro tornou-se uma marca multimilionária. O terceiro filme da série, Eclipse, consolida Crepúsculo como uma das franquias mais poderosas do cinema mundial.
O filme estreia em todos os países à 0h01 desta quarta-feira. No Brasil, serão 687 cópias. O número é justificado: no ano passado, cerca de 6 milhões de brasileiros foram aos cinemas para assistir a Lua nova – o dobro do público do filme anterior. Somados, os dois primeiros filmes da saga ultrapassaram a marca de US$ 1,1 bilhão arrecadados em todo o planeta, ante um orçamento de US$ 97 milhões.
Para Eclipse, a expectativa é de um êxito ainda maior. Repleto de cenas de ação e dilemas emocionais, o filme promete ampliar o público-alvo da série: além das apaixonadas fãs adolescentes, homens e mulheres adultos deverão se render ao filme da mesma maneira que foram fisgados pelos livros de Stephenie Meyer.
No filme, o conflito desenhado nos dois primeiros episódios se intensifica, e a heroína Bella Swan (Kristen Stewart) se vê forçada a tomar uma decisão entre seus dois pretendentes: o vampiro Edward Cullen (Robert Pattinson) e o lobisomem Jacob Black (Taylor Lautner). Ambos são figuras sobrenaturais, mas as semelhanças acabam aí. Quando não está metamorfoseado em lobo, Jacob passa por um garoto normal, com interesses (e paixões) de qualquer adolescente. Edward é um amante à moda antiga. Para conter a sede de sangue, é forçado a evitar um contato mais íntimo com Bella – ceder a seus desejos significaria perder o controle e colocar a vida da amada em risco. Bella propõe a solução: para consumar o amor, Edward deve transformá-la em vampira. Ele reluta: receia que a garota perca a humanidade e, mesmo que ela decida mudar de espécie, Edward não quer fazê-lo antes do casamento.
Ao mesmo tempo, a heroína enfrenta incertezas. Desistir da vida humana significaria abrir mão não só da mortalidade, mas também de sua alma. Seus desejos e pensamentos terrenos seriam substituídos pela forte compulsão por sangue, que ela só conseguiria conter depois de muito treinamento. Aproximar-se de seu pai e sua mãe seria expressamente proibido nos primeiros anos como vampira. Outra questão a preocupa ainda mais: o amor de Edward permaneceria após sua metamorfose em vampira?
A história reforça os valores tradicionais, personificados (ou vampirificados) na família Cullen, da qual faz parte Edward. Seu pai adotivo, o eternamente jovial doutor Carlisle Cullen (Peter Facinelli), salvou a vida de doentes contaminados pela Gripe Espanhola em 1918, mordendo-os e convertendo-os em mulheres e homens-morcegos. Ele ainda arranjou uma forma de civilizar os instintos dos “filhos”, impondo um regime à base de sangue fresco retirado de animais. Com isso, estancou o desejo assassino de suas criaturas. Edward é um jovem de 17 anos do início do século XX congelado na condição de vampiro “vegetariano”, como ele diz. Apesar de sua tez pálida de poeta tísico, seus valores são sólidos e seu amor por Bella inquebrantável.
AFP
CASTIDADE
Bella e Edward namoram. O vampiro se recusa a realizar os desejos da amada antes do casamento
A moça, agora com 18 anos (note bem: mortal, ela o passou em idade), já tomou algumas decisões: quer se entregar a Edward – e, portanto, perder a um só tempo a virgindade e a vida terrena. “Me transforme agora”, diz Bella. O vampiro, porém, se mostra irredutível. “Só depois do casamento”, diz, reagindo a um carinho da namorada. “Antes disso, temo por você.” E rapidamente contra-ataca, abrindo um sorriso: “Senhorita Isabella Swan, aceita minha mão em casamento? Sou da velha guarda”, diz ele. A garota ainda tem sangue nas veias e se derrete. “Velha guarda?”, diz. “Edward, estamos no século XXI. Você é arcaico!”
A cena surgiu em um sonho da autora Stephenie Meyer, de 36 anos. Hoje multimilionária, Stephenie era uma pacata dona de casa mórmon mãe de três filhos, leitora de ficção científica e romances de terror. Num inverno, sonhou com a ideia que alteraria sua vida: “Não era a cena clássica do vampiro que avança sobre a virgem numa noite de luar, mas quase o inverso: a donzela é que pede para ser mordida”, disse a autora a ÉPOCA.
Bem que o lobisomem indígena Jacob tenta seduzi-la com um amor quente e saudável. “Lutarei por você até que seu coração pare”, diz. “Ou mesmo depois disso...” Mas, depois de lhe pedir um beijo, Bella aparentemente prefere ser petrificada na instituição do casamento a experimentar uma paixão mundana. E assim se rende a Edward, o último baluarte da virgindade.
Ao mesmo tempo que enfrenta essas dúvidas, a heroína se vê diante de um perigo iminente. Recrutado pela vilã Victoria (Bryce Dallas Howard), inimiga mortal (ou melhor, imortal) dos Cullens, um exército de vampiros recém-criados passa a perseguir Bella para beber seu sangue. Ao contrário de Edward e familiares, os novos vampiros não sabem conter seus instintos. Compensam a inexperiência e ignorância com uma força extraordinária, muito maior que a dos vampiros comuns. A fascinante história dos vampiros “recém-criados” originou o primeiro derivado da série principal: o livro A breve segunda vida de Bree Tanner, que narra a história de uma vampira recém-criada que aparece brevemente no filme. A obra atingiu o primeiro posto na lista de mais vendidos no Brasil, superando o best-seller mundial A cabana – um sintoma da comoção pelo lançamento de Eclipse e a prova de que o universo de Crepúsculo tem potencial para se tornar tão amado quanto outros que o precederam, como Harry Potter e Crônicas de Nárnia

sábado, 26 de junho de 2010

Trailer de "In Search of Demme Ted"

Assista o trailer do documentário "In Search of Demme Ted" (Em Busca de Demme Ted) com a participação de Johnny. O documentário é sobre o diretor de Profissão de Risco que morreu em 2002 e traz diversos depoimentos de atores que trabalharam com ele, mas tudo em um tom de diversão, já que cada astro teve a oportunidade de ficar com a urna com as supostas cinzas de Demme durante um dia. Mas na vez de Johnny, depois de alguns drinks, ele a perde e o restante do filme é dedicado à sua busca. O documentário é uma ótima homenagem ao diretor que tinha o bom humor como característica marcante. Julgando pela aparência de Johnny as gravações devem ter sido feitas em 2003, na época de Janela Secreta, mas o lançamento do documentário está previsto para esse ano.


In Search of Ted Demme Trailer from Evan Boymel on Vimeo.




(A rápida cena dos bastidores de Profissão de Risco que aparece aos 29 segundos de vídeo pode ser vista completa no YouTube: aqui. Vale a pena assistir, o final é inesperado e cômico). :mrgreen:

Fonte

Novo boneco do Chapeleiro Maluco da Medicon Toy





���A���A�N�V�����q�[���[�Y-511

���A���A�N�V�����q�[���[�Y-511

���A���A�N�V�����q�[���[�Y-511

���A���A�N�V�����q�[���[�Y-511

���A���A�N�V�����q�[���[�Y-511

O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus – Review

Por Elis Lacerda
Essa é minha segunda review aqui no blog, a primeira foi sobre o filme “Alice no País das Maravilhas” que você pode ler aqui e também dar a sua opinião ;)
Mas vamos ao que interessa, “O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus“. Posso dizer que tive uma grande sorte por poder assistir a esse filme no cinema, ele estreou em minha cidade (Porto Alegre – RS) há exatamente uma semana, dia 18/06. Até então ele havia estreado em apenas duas cidades, Rio de Janeiro e São Paulo.
O filme conta a história de um homem que tem o dom de inspirar a imaginação das pessoas, o Dr. Parnassus do título (interpretado pelo ator Christopher Plummer). Ele viaja em um teatro itinerante na companhia de seu assistente Percy (Verne Troyer), de Anton (Andrew Garfield) e de sua filha Valentina (Lily Cole) para oferecer ao público a chance de transcender a realidade e entrar em um universo sem limites, o qual pode ser alcançado ao atravessar um espelho mágico. Mas Parnassus tem uma dívida com o diabo, o Sr. Nick (Tom Waits). Há milhares de anos, ele fez uma aposta com o diabo, em troca da imortalidade. Séculos depois, ao conhecer o seu verdadeiro amor, o Dr. Parnassus faz outra aposta com o diabo, na qual ele trocaria a imortalidade pela juventude, desde que, ao atingir 16 anos, sua filha Valentina se tornasse propriedade do Sr. Nick. A jovem está prestes a completar 16 anos e o Dr. Parnassus fica desesperado para protegê-la do seu destino iminente. O Sr. Nick chega para cobrar a dívida, mas, como não pode deixar passar uma boa aposta, resolve renegociar o prêmio. Agora, o destino de Valentina será decidido por aquele que seduzir as cinco primeiras almas. É em meio a essa trama que surge Tony (Heath Ledger), encontrado pela trupe pendurado em uma ponte, à beira da morte.
Posso dizer que ver Heath Ledger em seu último filme é um tanto triste. Ele tinha um talento e carisma que poucos atores possuem, e nesse filme não é diferente, é muito bom vê-lo em cena, mesmo sabendo que este foi seu último trabalho nas telas.
O filme é muito bom, possui um enredo muito bem elaborado e cheio de fantasia, de imaginação, como o próprio título sugere. É puro Terry Gilliam do começo ao fim. E os efeitos visuais usados para mostrar o mundo imaginário por trás do espelho é lindo, mudando de acordo com a imaginação de cada persoagem. Ótima direção de arte. Além de levantar questionamentos tão presentes em nossa vida moderna.
Terry Gilliam inseriu Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrell na história de maneira inteligente, para ocupar as cenas que Heath não pôde gravar. A primeira transformação do personagem “Tony” é quando ele entra pela primeira vez no espelho, onde Johnny Depp o interpreta. A melhor transformação do personagem em minha opinião, pois além de ter se encaixado muito bem na história, Depp foi quem mais lembrou Ledger. E fica nítido a homenagem a Heath Ledger presente nessa cena, onde Depp diz que nada é permanente nem mesmo a morte. A única parte do filme que percebe-se a falta de Ledger é no final.
“O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus” é um espetáulo para nossos olhos e para nossa imaginação. E é claro uma homenagem sincera ao talentoso Heath Ledger, terminando com a frase:
“Um filme de Heath Ledger e amigos”

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Artigo: Relato sobre filmagens de Inimigos Públicos

Artigo por Stacy Vogel Davis via Blog Up and Coming:

Imagem

[...]

"Meu amigo, Matt Wisniewski, apareceu em Inimigos Públicos como um fotógrafo dos anos 30 (você pode vê-lo na cena da coletiva de imprensa com Christian Bale), e pedi a ele que escrevesse sobre sua experiência:

[...] Em grupos, fomos levados aos guarda-roupas. Eu fazia parte do grupo de fotógrafos/repórteres, então fui com eles. Depois de nos vestir, fomos levados para fora, onde a duas vezes ganhadora do Oscar, a figurinista Colleen Atwood verificou cada um de nós antes de dar sua aprovação.

Depois de algum tempo, os extras foram levados aos poucos atravessando a rua para o tribunal em que filmaríamos. Centenas de fãs de Depp faziam fila na rua, tirando fotos enquanto passávamos e alguns até pediam por autógrafos.

(Depois de entrar), ouvi um barulho vindo da multidão lá fora. Ouvi "Johnny está no prédio" vindo dos walkie-talkies nos cintos dos membros da equipe perto de mim. Então, tudo se silenciou. Ouvi passos, e antes de compreender o que estava acontecendo, Johnny Depp estava de pé ao meu lado. Ele estava usando roupas comuns, um chapéu e óculos de sol. Ele virou-se para mim e disse "Boa dia". Minha cabeça começou a girar. Eu retornei o cumprimento e ele me perguntou como eu estava. A esta altura, não posso nem pensar o quanto devo ter parecido estranho para ele. Eu realmente não sabia o que responder. Disse que estava bem, mas um pouco cansado, e ele disse que eu parecia autentico. Um membro da equipe perto de nós disse que era hora de ir, então ele me desejou boa sorte e subiu as escadas.

Ainda estou tentando entender o que aconteceu quando me disseram para entrar no tribunal. Eles pegaram todos os fotógrafos que Michael Mann queria para a cena, então fiquei em um lugar perto do fundo. Depois um membro da equipe me colocou na terceira fileira.

Por fim, as filmagens começaram. A cena focava em Dillinger sendo levado ao tribunal e na acusação que o manteria em Michigan City, Indiana. A cena no filme deve durar 1 minuto. Depp não tem grandes falas, a ação é basicamente entre seu advogado, um promotor, um delegado e um juiz.

Nós tivemos que gravar a cena mais de 100 vezes em diferentes ângulos. Em cada cena, cada extra sempre tinha que fazer os mesmos movimentos. Eu tinha que sussurrar para a senhora ao meu lado e levantar um pouco para ver Dillinger quando ele entrasse.

Depois de 8 horas filmando uma cena de 1 minuto, as filmagens acabaram, e tive que ir para casa.


Matt foi mais uma vez chamado para aparecer na cena da coletiva de imprensa. Ele não alcançou o estrelato depois de sua aparição em seu primeiro filme, mas construiu uma carreira como um fotógrafo de verdade e designer."

Roteirista de 'Amanhecer' diz que filme terá cenas de sexo

Quarto filme da saga será dividido em duas partes.
Do EGO, no Rio

Robert Pattinson e Kristen Stewart em "Eclipse"

Ao que tudo indica, as cenas de "Amanhecer" serão quentes. Em entrevista à revista "People", a roteirista do quarto longa da saga "Crepúsculo", Melissa Rosenberg, contou que o filme terá cenas de sexo: "Sim, você verá sexo! A relação de Bella e Edward evolui para isso no livro e o mesmo acontecerá no filme. 'Amanhecer' terá muito mais pele que os outros filmes".

Porém, a roteirista acredita que as cenas não serão exageradas: "Se vai ser pornográfico? Eu não sei", disse aos risos para complementar depois: "Não sei para qual faixa etária será a classificação do filme, mas ele tem que ser como o livro e o livro diz mais pele. Logo, vou escrever mais cenas assim".

"Amanhecer" será dividido em duas partes e a primeira tem estreia prevista para novembro de 2011. Na quinta-feira, 24, aconteceu a pré-estreia de "Eclipse", terceiro filme da saga, em Los Angeles.

The Rum Diary ganha data de estréia na Dinamarca



Um site dinamarquês divulgou que The Rum Diary terá sua estréia na Dinamarca em 25 de dezembro. Na Holanda o filme está programado para 16 de dezembro, enquanto Estado Unidos e Brasil ainda não possuem previsão.

The Rum Diary narra a passagem de um jornalista alcoólatra e decadente chamado Paul Kemp (Johnny) pela Porto Rico dos anos 1950 e é a adaptação para o cinema do primeiro livro do jornalismo Hunter S. Thompson. Este é segundo alter-ego de Thompson que Johnny interpreta. Raoul Duke, no filme de Terry Gilliam, "Medo e Delírio" (Fear and Loathing in Las Vegas, 1998) foi o primeiro. The Rum Diary foi filmado ano passado, mas ainda está em processo de produção.

Fonte

Mais fotos de Johnny no Havaí e nova tatuagem

Saíram mais duas fotos de Johnny chegando ao Havaí no dia 22 para as filmagens de Piratas do Caribe 4, On Stranger Tides:
Imagem Imagem

A segunda foto permite uma melhor visão da perna esquerda de Johnny, com uma tatuagem que até o momento não conhecíamos, que parece o Gonzo fist ("punho de Gonzo"), símbolo do jornalista já falecido Hunter S. Thompson, criador do "jornalismo gonzo," que era amigo de Johnny:

Imagem Imagem

Fonte

AS MIL FACES DE JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

HUMOR DA NAHH

The current mood of nahh at nahh