sábado, 23 de abril de 2011

Festejo da Páscoa combina Johnny Depp e muito chocolate



Johnny Depp, um dos melhores atores de sua geração, e de outras também, é um profissional versátil e que deve gostar de chocolate. Por que? Basta acompanhar sua carreira, e notar que em dois filmes em particular, a guloseima foi tema central (ou deveria ser) das histórias.
Divulgação
Chocolate, direção de Lasse Hallström
Chocolate, direção de Lasse Hallström
O primeiro, naturalmente, é "Chocolate", de 2000, onde vive um cigano bom em marcenaria e violão, que ajuda a personagem nômade Vianne, interpretada por Juliette Binoche, a enfrentar os preconceitos da cidade e, ainda por cima, conquistar e ajudar a todos com suas receitas doces, que despertam o desejo, o amor e a felicidade nos mais histéricos personagens.
Uma segunda visita do ator ao mundo doce é na refilmagem do clássico "A Fantástica Fábrica de Chocolate", de 2005, com direção de Tim Burton. Nesta aventura, ele toma à frente de Willy Wonka, o peculiar dono da fábrica que promove um concurso e leva cinco crianças e seus respectivos acompanhantes para adentrar nos interiores da empresa onde é feito o delicioso doce.
Divulgação
Refilmagem do clássico de 1971, inspirado no livro de Roald Dahl
Refilmagem do clássico de 1971, inspirado no livro de Roald Dahl
Bom, é claro que a moral de ambos os roteiros passa pela questão da ética, da amizade e do respeito ao próximo, contudo, também rola muito chocolate, e é de se imaginar que o público nos cinemas deve ter passado um aperto danado sem nenhuma guloseima para se distrair.
Mas não é só com o chocolate que os personagens de Depp interagem. Em outros filmes há uma relação curiosa com a gastronomia.
Em "Alice no País das Maravilhas", é um doido que gosta de chá, no longa "Sweeney Todd", cortava os ingredientes para o preparo de tortas, quando interpretou "Edward, Mãos de Tesoura", usava de suas ferramentas como espetos de churrasco, e no papel de"Libertino" teve muitas relações, com a bebida.
Apesar da brincadeira, assistir aos filmes de Johnny Depp comendo chocolate não é nenhuma má ideia para curtir o feriado.



Filha de Johnny Depp é uma Belieber

O ator Johnny Depp confessou em entrevista ao ContactMusic que sua filha, Lily Rose, é fã de Justin Bieber. Depp ainda contou que descobriu a paixão da menina pelo canadense quando disse a ela que havia encontrado o cantor durante uma conferência de imprensa. Confira o que ele disse:
Infelizmente, Lily Rose está se interessando seriamente por garotos. Isso é ruim pra mim, como pai. Eu recentemente encontrei Justin Bieber em uma conferência de impensa e quando eu disse a ela, ela mudou de cor diversas vezes.”, conta Depp.
No ano passado, Johnny Depp ainda compareceu a um show do canadense em Miami, realizado no dia 18 de Dezembro.

Warner planeja adaptação de Rex Mundi com produção de Johnny Depp

Roteiristas são de "Tron - O Legado" e "Clube da Luta".





De acordo com o site Hollywood Report, o projeto de levar às telonas a série em quadrinhos “Rex Mundi” está ganhando forma. Johnny Depp (“Piratas do Caribe 4: Navegando em Águas Misteriosas”) comprou os direitos de filmagem em 2006 e está recrutando o time para a produção. Há três anos já se falava que o roteirista seria Jim Uhls (“Clube da Luta”). Brian Klugman e Lee Sternthal, que assinam o roteiro de “Tron – O Legado“, se juntaram à equipe.
Além de produzir o longa, Depp irá estrelar o filme baseado na história de Arvid Nelson. “Rex Mundi” se passa por volta dos anos 1930, na Europa, no continente dominado pela Inquisição já que a igreja católica destruiu a Reforma Protestante. O mistério de um assassinato se torna uma envolvente busca pelo Santo Graal. Apesar das comparações com “Código da Vinci”, a série “Rex Mundi” começou a ser publicada em 2002, um ano antes do livro de Dan Brown.

AS MIL FACES DE JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

HUMOR DA NAHH

The current mood of nahh at nahh