sábado, 31 de outubro de 2015

7 fatos que provam que Johnny Depp não é só um rostinho bonito

Sem título


O famoso capitão Jack Sparrow é sucesso de bilheteria em qualquer lugar do mundo. Além disso, por atrás de Sparrow, há o talentosíssimo Johnny Depp. Embora todos saibam da identidade do ator por trás do personagem de “Piratas do Caribe”, pouca importância é dada à carreira de Depp, que já fez muitos outros papéis de sucesso no cinema.
Além de ser um ator brilhante, Depp ainda tem provado ser um ser humano excepcional. Músico, ator, produtor e diretor, o astro de Hollywood impressiona por suas habilidades. E para provar isso, preparamos uma lista que prova o quão Johnny é muito mais que só um rostinho bonito dos telões. Confira:

7 – Escola

las-10-estrellas-adolescentes-mas-famosas-de-los-anos-804
Aos 12 anos de idade, Jhonny ganhou sua primeira guitarra de presente de sua mãe. Foi quando começou a praticar e participar de bandas de garagem. Com o passar do tempo, Depp percebeu que realmente gostava daquilo e começou a investir na carreira de músico. Quando estava no ensino médio decidiu largar a escola e se dedicar às musicas. Passado algum tempo, o músico não conseguiu atingir suas expectativas e se arrependeu da decisão. Quando voltou para a escola, foi encorajado pelo diretor a continuar investindo na carreira.

6 – Rock’n Roll

RIO DE JANEIRO, BRAZIL - SEPTEMBER 24: Johnny Depp performs with The Hollywood Vampires during Rock in Rio on September 24, 2015 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Dave J Hogan/Getty Images)
RIO DE JANEIRO, BRAZIL – SEPTEMBER 24: Johnny Depp performs with The Hollywood Vampires during Rock in Rio on September 24, 2015 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Dave J Hogan/Getty Images)
Depp já tocou com grandes nomes da música, dentre eles, Keith Richards, guitarrista dos Rolling Stones, Steven Tyler, do Aerosmith. Já fez uma grande apresentação ao lado de Eddie Vedder, líder do Pearl Jam, além de Oasis e o lendário Marilyn Manson, entre outros. O astro também tocou nos palcos do Rock’n Rio deste ano, no show do Hollywood Vampires.

5 – Generosidade

Johnny-Depp-vem-ao-Brasil-e-doa-211-aparelhos-auditivos
Por conta da fama e do dinheiro, Depp tinha tudo para ser um desses bad boys egoístas. Porém, o astro tem demonstrado ser um poço de generosidade. Na sua visita ao Brasil, durante o Rock’n Rio, o astro distribuiu aparelhos para crianças com problema de audição. A ação foi uma parceria entre a banda de Depp e a prefeitura do Rio. Com a iniciativa, o projeto conseguiu ajudar mais de 200 crianças. Além disso, em declaração recente, o astro afirmou que irá comprar o campo de batalha “Wounder Knee”, território que foi tomado dos índios americanos, em uma batalha ocorrida em 1890, para devolver aos seus antigos donos.

4 – Pai

johnny-depp-e-filhos
Johnny tem 2 filhos, Lily-Rose Melody Depp, de 16 anos e John Christopher Depp III, de 13. Em entrevista, o astro declarou: “ter filhos me deu um lugar para assumir na vida, no trabalho, em tudo. Você não pode planejar o profundo amor que resulta de seus filhos. A paternidade não foi uma decisão consciente. Foi parte de uma maravilhosa aventura que eu estava. Foi o destino.” Além disso, a única fé que Depp tem é nos filhos: ““Sim. Eu tenho fé nos meus filhos. E eu tenho fé que, contanto que as coisas continuem seguindo em frente, tudo ficará bem. Agora, fé em termos religiosos, eu não tenho – você sabe que religião não é a minha especialidade”.

3 – Tatuado

Johnny-Depp-Tattoos-6
Embora muito se discuta sobre tatuagens, Depp nunca ligou para isso. O ator tem cerca de 13 “rabiscos” pelo corpo. Dentre eles estão momentos marcantes na carreira do ator, suas antigas esposas e os filhos. Além de talentoso, ainda é descolado.

2 – O homem de mil faces

Johnny-3-johnny-depps-movie-characters-31992886-1000-425
Segundo a revista Forbes, Depp se tornou o ator mais bem pago de Hollywood em 2012, quando aceitou retornar para a franquia de Piratas do Caribe. Além do capitão Jack, o astro é conhecido por interpretar personagens emblemáticos que marcam por suas características físicas completamente diferentes. É possível analisar isso através dos papeis de Depp em “A fantástica Fábrica de Chocolate”, onde interpretou Willy Wonka, sua atuação em “Edward Mãos de Tesoura”, o Chapeleiro Maluco em “Alice no país das maravilhas” e o índio Tonto em “O cavaleiro solitário”. Johnny declara abertamente que imprime um pouco de si mesmo em cada interpretação.

1 – Calçada da Fama

img_5107
Apesar de seus papeis geniais no cinema e suas várias indicações, Depp nunca chegou a ganhar o Oscar. Porém, o astro ganhou uma estrela na calçada da fama em 19 de Novembro de 1999 e também teve suas mãos e pés gravados na calçada em frente ao legendário “Grauman’s Chinese Theatre”, Hollywood, em 16 de Setembro de 2005. Além disso, foi nomeado o “Homem Mais Sexy de Todos os Tempos”, em 2010, pela revista People.
via FatosDesconhecidos

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Johnny Depp prega peça engraçadíssima na esposa Amber Heard, assista aqui!

A bela ficou para lá de desesperada, acreditando que o seu carro havia sido roubado




Casal fofo é casal divertido, não é mesmo? Se for assim, Johnny Depp e Amber Heard já podem ganhar o prêmio de fofura. Isso porque, o maridão resolveu pregar uma pequena peça na amada.
O ator, que está nem aí para o Oscar, e o pai da gata fizeram com que ela acreditasse que o carro dela, um Mustang 1968 tivesse sido roubado, sendo uma pegadinha com o programa Overhaulin.
A bela, claro, ficou em pânico e pediu ajuda policial, porém, eles estavam para lá de preocupados mesmo em fazer uma selfie com ela, que já revelou como é a sua relação com o amado.
Consiga meu carro de volta, falou a loira super nervosa para os guardas, tendo feito até mesmo um gesto obsceno com a mão. Eita!
Depois dos homens da lei conseguirem finalmente tirar a foto, eles revelaram para ela que tudo não passava de uma brinks básica.
Esse carro me custou cada centavo. Eu não gosto que qualquer pessoa toque em meu carro, completou a bela no final, em meio a risos.
O carro da esposa do ator de Piratas do Caribe acabou sendo modificado, passando por uma pequena reforma que deixou a gata de queixo caído.
Assista o vídeo abaixo!




via Estrelando

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

'Aliança do crime': Scott Cooper fala sobre atuação de Johnny Depp

Em vídeo, diretor conta que construiu junto com ator personagem mafioso.
Longa tem estreia prevista para 12 de novembro no Brasil.

Do G1, em São Paulo
A Warner Bros. divulgou um vídeo em que o diretor Scott Cooper comenta a construção do filme "Aliança do crime", aclamado no Festival de Veneza e com estreia prevista para 12 de novembro no Brasil. Assista ao vídeo acima.
"Aliança do crime" é inspirado na história do criminoso irlandês radicado nos Estados Unidos James "Whitey" Bulger, interpretado por Johnny Depp. "Johnny e eu trabalhamos juntos na construção de Whitey Bulger. Conversamos sobre de onde vinha o poder dele, sua confiança, seu modo de falar. Ele usa pouco movimento. É muito econômico", afirma Cooper.
Na região sul de Boston nos anos 1970, o agente especial do FBI John Connolly (Edgerton) convence o mafioso irlandês Jimmy Bulger (Depp) a colaborar com o FBI a fim de eliminar um inimigo em comum para as duas partes: a máfia italiana.
O drama conta a história desta inusitada aliança que saiu do controle, permitindo que Whitey descumprisse leis impunemente enquanto consolidava seu poder, tornando-se um dos gângsteres mais cruéis e perigosos da história de Boston.
  •  
Johnny Depp em 'Aliança do crime' (Foto: Divulgação)Johnny Depp em 'Aliança do crime' (Foto: Divulgação)

Johnny Depp estampa cartaz da 39ª Mostra de Cinema de São Paulo






A Warner Bros. Pictures Brasil divulgou um cartaz da 39ª Mostra de Cinema de São Paulo estampado pelo personagem de Johnny Depp em Aliança do Crime.
Veja na arte mais abaixo o assustador olhar do ator na pele do gânster Whitey Bulger. O filme estreia nos cinemas brasileiros em 12 de novembro, mas já está ganhando sessões na Mostra de SP.
Um dos mais tradicionais e importantes festivais de cinema de nosso país, com repercussão mundial, a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo  irá exibir neste ano 312 filmes de 62 países em 22 endereços da capital paulista, que inclui, além de cinemas, espaços culturais e museus.
A Mostra é dividida em seis seções:
– Competição Novos Diretores: irão competir diretores que tenham feito, no máximo, dois filmes. Após a escolha do público, um júri internacional escolherá o vencedor.
– Perspectiva Internacional: panorama atual do cinema em escala internacional.
– Retrospectiva: exibição de clássicos e filmes de importantes diretores restaurados pela ONG The Film Foundation (do diretor estadunidense Martin Scorsese, de O Lobo de Wall Street).
– Homenagem: ao diretor italiano Mario Monicelli (de O Incrível Exército de Brancaleone), com exibição de cinco de seus filmes.
– Apresentações Especiais: de filmes alternativos ou que complementam a obra de diretores selecionados para o evento.
– Mostra Brasil: filmes brasileiros inéditos.
39ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo irá ocorrer de 22 de outubro a 4 de novembro de 2015. Para preços, horários e exibições, consulte o site oficial.
ATENÇÃO: também haverão exibições gratuitas e ao ar livre.

via ObservatóriodoCinema

sábado, 24 de outubro de 2015

JOHNNY DEPP E EDGAR WRIGHT VÃO ADAPTAR OBRA DE NEIL GAIMAN PARA O CINEMA






O ator Johnny Depp e o diretor Edgar Wrightjuntaram forças para adaptar ao cinema a obra infantil Fortunatelythe Milk, escrita pelo consagrado autor Neil Gaiman. As informações são do Hollywood Reporter.
O filme vai misturar atores com personagens animados para contar a história de um pai que sai para comprar leite, mas volta cheio de contos sobre alienígenas, viagem no tempo, piratas, entre outras histórias fantásticas.
dgar Wright vai dirigir a adaptação, escrita por Bret McKenzie (Flight of the Conchords). Além de estrelar, Johnny Depp também irá produzí-la.
Fortunatelythe Milk segue sem cronograma definido.
A 20th Century Fox cuida do projeto.

via ObservatóriodoCinema

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Johnny Depp ruivo com sardas





via  Taofeminino

Johnny Depp quer comprar terras históricas e devolvê-las para os índios


O ator Johnny Depp anunciou que pretende comprar o campo de batalha "Wounded Knee" e entregar a terra de volta para os índios norte-americanos, que perderam o território em uma batalha em 1890.
Depp disse em entrevista ao jornal The Daily Mail que está disposto a gastar milhões para entreguer o controle do local de volta para as pessoas que 'herdaram' a terra. 
"É um território sagrado e muitas atrocidades foram cometidas contra os [índios] Sioux ali", disse o ator. "Esta terra é tão importante para a cultura Sioux e tudo o que eu quero fazer é comprá-la e devolver para eles. Por que o governo não faz isso?"
O massacre de índios em Wounded Knee foi a última batalha dos conflitos indígenas. Estimativas colocam o número de nativos mortos entre 150, entre eles crianças e mulheres.

via  Leituradinamica

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

SCOTT COOPER FALA SOBRE JOHNNY DEPP EM ALIANÇA DO CRIME

Uma das melhores atuações que já vi’, diz diretor de ‘Aliança do Crime’ sobre Johnny Depp



Bastante elogiado pelos críticos que viram Aliança do Crime em festivais de cinema antes da sua estreia no circuito comercial, marcada para novembro, Johnny Depp ganhou um afago também do diretor do filme, Scott Cooper. “Acho que sua atuação é uma das melhores que vi em muito tempo”, diz o diretor em um vídeo feito pela produção do longa que pode ser conferido com exclusividade no site de VEJA. Aliança do Crime é, de fato, considerado uma virada na carreira do ator, que vinha acumulando fiascos.
johnny-depp-no-filme-alianca-do-crime-original
No filme baseado em fatos reais, com estreia prevista para o próximo dia 12 no Brasil, Depp vive um dos gângsteres mais temidos dos Estados Unidos, Whitey Bulger. Ele tem como irmão Billy (Benedict Cumberbach), presidente do Senado de Massachusetts, e, como amigo de infância, o agente do FBI John Connolly (Joel Edgerton), que propõe a Bulger se tornar seu informante para ajudar a eliminar de Boston a máfia italiana. Aniquilada a concorrência, Bulger acaba ficando cada vez mais poderoso e rico.
“Johnny Depp e eu trabalhamos bem próximos na construção de Whitey Bulger”, diz Cooper no vídeo. “Johnny e eu conversamos sobre de onde vinha o poder de Whitey, sua confiança, seu modo de falar. Ele usa pouco movimento. É muito econômico.” Assista:
 

via  DeppLovers

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

ABERTA VOTAÇÃO PARA NOMEADOS AO PEOPLE’S CHOICE AWARDS 2016

Começou hoje a votação para os filmes e artistas que serão nomeados para concorrer ao People’s Choice Awards 2016.
http://vote.peopleschoice.com/
PCA 2016
Johnny concorre em duas categorias: Melhor Ator de Cinema e Melhor Ator Dramático.
Black Mass (Aliança do Crime) concorre na categoria: Melhor Filme Dramático.



via DeppLovers

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Bom demais para o Oscar? Veja 7 papéis de Johnny Depp que valeriam a estatueta

Johnny Depp é conhecido por interpretar papéis completamente diferentes em sua carreira


Se a maioria dos atores e atrizes do primeiro escalão de Hollywood já venceu ou sonha com a estatueta do Oscar, Johnny Depp é uma exceção. Em entrevista para o site da BBCNewbeat, o astro desdenhou da honraria dada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos. “Não quero ganhar uma coisa dessas nunca”, disse. Depp afirmou que se sente satisfeito com as indicações que já recebeu. “Eles me indicaram umas duas ou três vezes. Indicação é o bastante”, concluiu.
O ator esteve na disputa do Oscar de melhor ator em três ocasiões, pelas atuações em “Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra” (2003), “Em Busca da Terra do Nunca” (2004) e “Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet” (2007).

Em seu mais recente trabalho, “Aliança do Crime”, voltou a receber elogios da crítica especializada, após protagonizar alguns fracassos de bilheteria. O filme de Scott Cooper estreia no Brasil dia 12 de novembro e conta com a estrela na pele de Whitey Bulger, um gângster implacável do sul de Boston, nos Estados Unidos, nos anos 70 e 80.

Para celebrar o retorno de Depp às grandes atuações, a Jovem Pan Online listou sete personagens memoráveis do ator, dignos de Oscar:





Edward (Edward - Mãos de Tesoura, 1990)
A parceria com Tim Burton resultou no primeiro papel excêntrico dos muitos que Depp fez durante a carreira. Edward é um jovem criado por um inventor e possui enormes lâminas no lugar das mãos. O ator dá vida a um personagem inocente e talentoso, mas que é tratado como aberração.


Don Juan (Don Juan DeMarco, 1995)
Como Don Juan, Depp, que já era uma figura cult em 1994, firmou-se também como galã. Um jovem, que afirma ser o lendário conquistador de mulheres, descreve sua vida amorosa ao psiquiatra Dr. Jack Mickller (Marlon Brando) e passa a influenciá-lo.


Sir James Matthew Barrie (Em Busca da Terra do Nunca, 2004)
Neste longa, Johnny Depp interpreta um escritor frustrado que procura inspiração para uma grande ideia que possa lhe trazer sucesso. Ao conhecer Sylvia (Kate Winslet) e seus quatro filhos, acaba criando a história de Peter Pan. Aqui, o ator mostra que também é talentoso com personagens reais e, de certa forma, comuns.



Willy Wonka (A Fantástica Fábrica de Chocolate, 2005)
Neste remake do clássico de 1971, o ator é o dono da maior fábrica de doces do planeta e decide realizar um concurso para escolher um herdeiro para seu império. Sua atuação cômica é um dos destaques da obra.


Sweeney Todd (Sweeney Todd: O Barbeiro da Rua Fleet, 2007)
Uma de suas indicações ao Oscar foi pela interpretação do barbeiro que assassina seus clientes e, ao lado da quituteira Mrs. Lovett (Helena Bonham Carter), usa os restos mortais das vítimas para assar tortas.


O Chapeleiro Maluco (Alice no País das Maravilhas, 2010)
Nas mãos novamente de Tim Burton, o filme da Disney ganhou muitas cores e efeitos especiais. O ator nos presenteou com um Chapeleiro expressivo, com as emoções à flor de pele.


Jack Sparrow (Piratas do Caribe)
O papel mais icônico do ator é o atrapalhado pirata. Sua atuação caricata conquistou todos os públicos. Foi indicado ao Oscar no segundo filme da franquia, “Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra”.


via  JP










terça-feira, 13 de outubro de 2015

Johnny Depp: "Eu nunca quero ganhar um Oscar"

Para o ator que voltou a ser elogiado por suas atuações em Aliança do Crime, uma indicação basta.



Ao longo de 30 anos de carreira, Johnny Depp conquistou um lugar no primeiro escalão dos astros de Hollywood. Ao todo, o ator estrelou quase 60 filmes que arrecadaram mais de 8 bilhões de dólares (não ajustados à inflação) nas bilheterias mundiais. Entretanto, tanto prestígio e popularidade com o público ainda não garantiram ao ator uma estatueta dourada na premiação mais famosa da sétima arte. Mesmo assim, Depp não poderia se importar menos com o assunto.
Em entrevista para o site BBC Newsbeat, o ator afirmou que esnoba o Oscar. "Eu não quero ganhar uma dessas coisas jamais", contou. Uma das motivações para isso? Ele se incomodaria em ter de conceder um discurso na premiação: "Eu não quero ter de falar".
Fazendo jus à máxima que diz que o importante não é ganhar, mas sim competir, o ator ainda afirmou que ser lembrado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas é suficiente. "Eles me deram uma dessas coisas, uma indicação, duas ou três vezes. Uma indicação basta", disse.
Na década passada, Depp conquistou as três indicações ao Oscar de melhor ator que constam em seu currículo. Suas atuações indicadas foram nos filmesPiratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra (2003), Em Busca da Terra do Nunca (2004) e Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet (2007).

Em Aliança do Crime, seu mais recente trabalho, Depp voltou a ser elogiado por sua atuação como não acontecia há um certo tempo. No filme de Scott Cooper (que estreia no Brasil dia12 de novembro de 2015 depois de ser exibido no Festival de Toronto), o ator interpreta Whitey Bulger, um influente mafioso, irmão de um senador dos Estados Unidos, que organizou suas atividades em Boston antes de se tornar um informante do FBI para derrubar gângsters rivais.
Apesar de ter chances de ser indicado ao Oscar, Depp afirmou que não se deixa levar pelos elogios ou críticas negativas e que reprova o conceito básico de premiações do tipo. "A ideia de vencer significa que você está competindo com alguém e eu não estou competindo com ninguém. Eu apenas faço o que eu quero fazer. As vezes as pessoas não gostam, mas tudo bem", avaliou.
via  Adorocinema

AS MIL FACES DE JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

HUMOR DA NAHH

The current mood of nahh at nahh