terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Chapolin Colorado vai ganhar filme em 2011-NUSS É A CARA DO DEPP SERIA PERFEITO



Chapolin Colorado vai virar filme / Reprodução
RIO - Não contavam com sua astúcia. O popular personagem de malha vermelha com coração amarelo no peito e anteninhas de vinil vai voltar à ativa, desta vez no cinema. "O Chapolin Colorado" vai virar filme.
O roteirista Roberto Gómez Fernández revelou, em entrevista à rede de TV Televisa, que o roteiro do longa ficará pronto ainda no primeiro trimestre de 2011 e que a produção está sendo supervisionada pelo criador do personagem, o humorista mexicano Roberto Gómez Bolaños, de 81 anos - que deu vida ao herói e ao também popularíssimo Chaves.
O ator que viverá Chapolin Colorado nos cinemas ainda não foi escolhido.

Novidade: Johnny Depp será Ardiloso Cortês no cinema

erça-feira, 28 de dezembro de 2010


Johnny Depp foi escolhido para protagonizar o filme baseado no primeiro livro da série do personagem Ardiloso Cortês, de Derek Landy. A aventura conta a história de uma menina de 12 anos chamada Stephanie, que entra em um mundo mágico e conhece o Sr. Ardiloso Cortês (a ser interpretado por Depp). Juntos, os dois vão tentar impedir um vilão de trazer ao mundo uma poderosa arma. O filme tem previsão de estreia para 2013.

Se você ainda não conhece esse livro, clica aqui para ler o primeiro capítulo! Já vai para minha "listinha" de meta literária, certeza! ^-^

Entrevista a Johnny Depp: «Não me sinto um menino de ouro»

Jornalista Vítor Moura entrevistou o actor em Paris a propósito do filme «O Turista»

 

2010 acaba bem para Johnny Depp. O actor está duplamente nomeado para o Globo de Ouro de melhor actor em comédia ou musical: concorre com o papel do chapeleiro louco na versão de Tim Burton para «Alice no país das maravilhas»; e concorre também com o papel de turista no filme com o mesmo nome a estrear já no início de Janeiro.

O jornalista Vítor Moura foi ver este último filme a Paris, em primeira-mão, e aproveitou para entrevistar Johnny Depp para o «Cinebox». Em «O Turista», o actor contracena com Angelina Jolie e desempenha o papel de professor de matemática, o que é muito diferente do carismático Jack Sparrow, dos filmes «Piratas nas Caraíbas». Reconhece, porém, que não se sente um menino de ouro.

«A primeira coisa para um actor, o que é muito importante, é abordar um personagem fazendo o melhor para não aborrecer o público, porque as pessoas que estão connosco ao longo de anos e anos merecem ter algo novo e diferente a partir disso, de cada vez. Foi isso que tentei fazer. Espero que resulte», começou por dizer.

Depp desempenhou várias personagens marcantes ao longo dos anos, mas não consegue escolher apenas um: «É muito difícil escolher. Adoro-os todos e todos têm um lugar especial em mim, literalmente. Sinto que o corpo é quase um móvel com gavetas e estas pessoas ainda vivem lá. O capitão Jack está muito à superfície, o Ed Wood ainda lá está, o Eduardo Mãos de Tesoura também».

Considerado por muitos o menino dourado de Hollywood, o actor diz não sentir-se assim. «Não há forma de pensar nisso em termos reais ou com algum tipo de pensamento sério, porque é um pouco ridículo. Ando nisto há muito tempo e tenho tido muita sorte por conseguir trabalhar tanto quanto tenho trabalhado, especialmente depois de ter sido veneno para as bilheteiras por uns bons dezassete anos. Lembro-me de, há muitos anos, estar na lista, mas também estive fora da lista. E isto acontece constantemente. A única coisa que podemos fazer é o nosso trabalho, fazê-lo com a melhor das nossas capacidades e não estar preocupado com o resultado. Isso não é da minha conta», frisou.

Jolie e Depp

Os dois fazem parte dos atores que mais admiro em Hollywood. Além de serem fantásticos em suas atuações, os dois são lindíssimos e nunca escorregam no estilo. Bom, quase nunca…
Eles lançaram o filme “The Tourist” em Nova York ontem (06/12) e pra variar arrasaram!
untitled
Jolie está sempre deslumbrante! Normalmente tons neutros e modelagens clássicas. Esse é um Versace. Ah! Ela tem um marido interessante a tiracolo! rs! Excelente “acessório” pra qualquer look! hehehe!
untitled2
Johnny Depp de clássico não tem nada! Mas é super estiloso e tem muita atitude ao vestir! Sua companheira de elenco toda clássica e ele amarra trapos no pescoço pra acompanhar um terno de 3 peças maravilhoso! haha! Adoro ele!

Os 10 filmes mais vistos no Brasil-ALICE DE JOHNNY DEPP TÀ EM QUINTO LUGAR EBAA

A violência de Tropa de elite 2 bateu um recorde de bilheteria de 34 anos. Os melodramas espíritas, as sequências das séries infantojuvenis e as animações em 3-D também brilharam
Redação Época
   Divulgação
1. Tropa de elite 2
O sonho (frustrado) do Coronel Nascimento (Wagner Moura) em pacificar as favelas cariocas fez do filme de José Padilha o maior sucesso brasileiro da história, com 12 milhões de espectadores. O filme bateu Dona Flor e seus dois maridos, de 1976.

2. Avatar
A ficção científica em 3-D deu à questão indígena um status interplanetário. Em abril, o diretor canadense James Cameron desembarcou no planeta Brasil e participou de uma pajelança para divulgar o filme.

3. Shrek para sempre
Num ano em que as animações migraram para o 3-D, o ogro se destacou por viver a crise de meia-idade e encerrar suas aventuras no quarto desenho da série.

4. Eclipse
Os vampiros continuam vencendo os zumbis e os anjos na luta pelo coração das adolescentes. A série, baseada nos livros de Stephenie Meyer, chegou a seu terceiro capítulo com Edward e Bella fugindo de bandos de seres malvados.

5. Alice no País das Maravilhas
A produção da Disney se arriscou ao apostar no 3-D e na visão peculiar do diretor Tim Burton. E se saiu bem. A heroína de Lewis Carroll foi convertida em uma espécie de empreendedora feminista. A versão fantástica agradou a toda a família.

6. Toy story 3
A primeira animação digital da história do cinema, iniciada em 1995, se encerrou de forma melancólica e sublime. Chegou a hora de o menino Andy ir para a faculdade – e se despedir dos velhos amigos Woody e Buzz Lightyear.

7. Alvin e os esquilos II
O desenho animado trouxe novas trapalhadas e canções do músico Dave Seville e seus esquilos cantores. Desta vez, eles competem com uma banda de fêmeas da espécie.

8. Nosso lar
Neste ano de êxito espírita, o filme de Wagner Assis adaptou o romance homônimo de Chico Xavier (1943) sobre um homem egoísta que se redime no mundo branco detergente das almas.

9. Harry Potter e as relíquias da morte
Na sétima e penúltima sequência da série inspirada no romance de J.K. Rowling, o bruxo faz 17 anos e foge da perseguição de Voldemort. O público fiel continua enfeitiçado pela série.

10. Chico Xavier
Reúna as façanhas do médium Chico Xavier à interpretação fascinante do ator Nelson Xavier (nenhum parentesco) e ao faro do diretor Daniel Filho. Em vez da febre 3-D, o sucesso parece ter vindo de uma dimensão mais profunda.

Rango Preview - Making Of

AS MIL FACES DE JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

HUMOR DA NAHH

The current mood of nahh at nahh