terça-feira, 29 de novembro de 2011

Queridinhos dos diretores

Confira as parcerias que deram certo no cinema






FAMOSIDADES

Por CAMILLA PEREZ
SÃO PAULO - Não precisa ser um cinéfilo de carteirinha, para notar que alguns diretores têm sempre seus atores e atrizes preferidos para atuarem em seus filmes.
O que poderia se tornar cansativo, na verdade acabou ajudando para firmar ainda mais a carreira de alguns astros das telonas.
Além disso, as parcerias se tornaram tão boas que os fãs da sétima arte só têm a agradecer.
Desta forma, o Famosidades selecionou dez grandes nomes do cinema e, em duplas, eles foram relacionados a cinco diretores. Bateu a curiosidade? Então, clique nas próximas páginas e divirta-se!

Arquivo Famosidades
Como começar esta lista, senão por Penélope Cruz Pedro Almodóvar? A parceria do diretor espanhol com a atriz tem sido tão boa, que eles não se cansam de trabalhar juntos. E o talento da morena, é claro, tem ficado cada vez mais evidente! O último filme da dupla foi “Abraços Partidos” (2009). Antes, porém, tiveram outras três produções: “Carne Trêmula” (1997), “Tudo sobre Minha Mãe” (1999) e “Volver” (2006).

Arquivo Famosidades
E será que Penélope Cruz foi a primeira musa inspiradora de Pedro Almodóvar? Que nada!Carmen Maura pode não ser tão assediada quanto a esposa de Javier Bardem, mas suas atuações sob a direção do espanhol são dignas de admiração. “Pepi, Luci, Bom y Otras Chicas del Montón” (1980), “Maus Hábitos” (1983), “Que Fiz para Merecer Isto?” (1984), “Matador (1986)”, “A Lei do Desejo” (1987), “Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos (1988)” e “Volver (2006)” são os filmes nos quais os dois trabalharam juntos.
Arquivo Famosidades

Pergunta: Johnny Depp é o ator ideal para dar vida às loucuras de Tim Burton. Resposta: Com certeza! A parceria dos dois começou em “Edward Mãos de Tesoura” (1990) e tem sido um sucesso absoluto até os dias atuais. Após o primeiro filme, logo surgiram outros: “Ed Wood” (1994), “A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça (1999)”, “A Fantástica Fábrica de Chocolate” (2005), “A Noiva Cadáver” (2005), “Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet” (2007) e “Alice no País das Maravilhas” (2010).

Arquivo Famosidades

A parceria entre Helena Bonham Carter Tim Burton foi tão boa, mas tããão boa que o diretor “só” se casou com a atriz inglesa! Não é preciso dizer mais nada, né? Ah, sim, os filmes: “Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas” (2003), “A Fantástica Fábrica de Chocolate” (2005), “A Noiva Cadáver” (2005), “Sweeney Todd: o Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet” (2007) e “Alice no País das Maravilhas” (2010)




Arquivo Famosidades




Leonardo DiCaprio Martin Scorsese formam mais uma dupla de sucesso, nos cinemas. A parceria deu tão certo que o diretor se consagrou com um Oscar por “Os Infiltrados” (2006). Além deste filme, eles também trabalharam juntos em: “Gangues de Nova York” (2002), “O Aviador” (2004), “Ilha do Medo” (2010) e “The Rise of Theodore Roosevelt” já é o próximo trabalho dos dois.




Arquivo Famosidades


E sabe quem ultrapassou a marca de Leonardo DiCaprio, quando o assunto é a parceria comScorsese? Ninguém menos do que Robert De Niro. No total, foram seis parcerias: “Táxi Driver” (1976), “New York, New York” (1977), “Touro Indomável” (1980), “Os Bons Companheiros” (1990), “Cabo do Medo” (1991) e “Cassino (1995)”.




Arquivo Famosidades


Atualmente, Scarlett Johansson é a queridinha de Woody Allen. A parceria entre a atriz e o diretor começou em “Match Point – Ponto Final” (2005) e, depois, continuou com “Scoop – O Grande Furo” (2006) e “Vicky Cristina Barcelona” (2008).




Arquivo Famosidades




Assim como Pedro Almodóvar, o diretor Woody Allen também teve uma musa inspiradora mais “experiente” antes de chegar às beldades de atualmente. Diane Keaton, por exemplo, chegou a ter um romance com Woody. Pois é! Juntos, eles trabalharam nos seguintes filmes: “Men on Crisis: The Harvey Wallinger Story” (1971), “O Dorminhoco” (1973), “A Última Noite de Boris Grushenko” (1975), “Noivo Neurótico, Noiva Neurótica” (1977) – que rendeu à atriz seu primeiro Oscar –, “Interiore” (1978), “Manhattan” (1979), “A Era do Rádio” (1987) e “Um Misterioso Assassinato em Manhattan” (1993).


Arquivo Famosidades




A parceria entre Michael Caine Christopher Nolan começou em “Batman Begins” (2005) e continuou nos outros filmes do herói-morcego: “Batman – O Cavaleiro das Trevas” (2008) e o novíssimo, que ainda nem estreou, “Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge” (2012). Porém, um pouquinho antes, o diretor se aventurou em “A Origem” (2010) e trabalhou com o ator veterano das telonas. Se o longa já prometia ser bom, ficou ainda melhor!




Arquivo Famosidades




Para fechar esta lista, lá vai uma promessa: Joseph Gordon-Levitt. O ator, que até então era mais conhecido no cenário indie – como, por exemplo, em sua atuação em “500 Dias Com Ela” (2009) –, teve a oportunidade de realizar seu primeiro trabalho sob a direção de Christopher Nolan, em “A Origem” (2010). A dupla se deu tão bem que o diretor convidou o rapaz para atuar em “Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge” (2012). Alguém tem dúvidas de que mais parcerias vão surgir em breve?



AS MIL FACES DE JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

HUMOR DA NAHH

The current mood of nahh at nahh