domingo, 20 de junho de 2010

Veja as primeiras fotos oficiais do novo filme de Johnny Depp


Livro do mestre do jornalismo gonzo Hunter S. Thompson (1937-2005) está sendo adaptado para a telona, com título homônimo, The Rum Diary. O filme, protagonizado pelo chapeleiro maluco (ou capitão, pra quem preferir) Johnny Depp, já tem duas fotos oficiais de produção, que mostram o ator como Paul Kemp, um jornalista que escreve para um decadente jornal de Porto Rico.
A produção está a cargo do próprio Depp, de Christi Dembrowski e de Graham King (Os Infiltrados). Bruce Robinson, ganhador do Oscar de melhor roteiro por Os Gritos do Silêncio, fez a adaptação do livro e dirige “The Rum Diary”. Os atores Aaron Eckhart (O Cavaleiro das Trevas), Richard Jenkins (Queime Depois de Ler), Amber Heard (Quebrando Regras) e Giovanni Ribisi (Encontros e Desencontros) também estão no filme, que ainda não tem data prevista de lançamento.
Confira as fotos abaixo:

“Toy Story 3″ bate recorde de bilheteria de “Shrek 3″ no primeiro dia de exibição


Uma das franquias de maior sucesso do mundo das animações no cinema, a bilheteria de Toy Story 3 em sua estreia não decepcionou a Pixar. Segundo o site Coming Soon, o longa já arrecadou US$ 41 milhões, cerca de R$ 89 milhões, nos Estados Unidos apenas na sexta feira, dia 18 de junho, o primeiro dia de exibição da animação. A quantia supera o arrecadado por Shrek 3, que em maio de 2007 havia arrecadado US$ 38.4 milhões.
No terceiro filme da série, Woody, Buzz e os demais brinquedos são doados para a creche Sunnyside depois que Andy cresce e vai para a faculdade.

Divulgada primeira imagem de Cuddy e House juntos!

ALERTA SPOILER

Clique aqui para ler outra coisa
Image Credit: Kevin Perkins/Gaz Shirley/PacificCoastNews.com
O colunista da revista Entertainment Weekly, Michael Ausiello, já havia feito uma entrevista com Katie Jacobs, produtora da série House (quintas, 23h, Universal), sobre um possível relacionamento entre os médicos Cuddy (Lisa Edelstein) e House (Hugh Laurie) e agora ele divulgou essa foto das gravações realizadas em Malibu, na Califórnia.
Pela imagem parece que o Katie prometeu realmente vai se tornar realidade, já que o casal parece estar em clima de romance.
Você acha que um relacionamento entre House e Cuddy pode dar certo?

Brasil faz 3 a 1 na Costa do Marfim e se classifica para as oitavas


Luis Fabiano marca duas vezes, uma delas ajeitando a bola no braço, e Kaká é expulso no segundo tempo, tornando-se desfalque contra Portugal

Por Leandro Canônico Direto de Joanesburgo, África do Sul
Foi uma vitória para restabelecer a paz entre a seleção brasileira e a torcida, que na arquibancada do Soccer City gritou "olé" e "o campeão voltou" graças ao placar de 3 a 1 sobre a Costa do Marfim neste domingo, em Joanesburgo. E foi também uma vitória que testou os nervos de alguns jogadores, já que os africanos apelaram para faltas duras depois de levarem três gols até os 17 minutos do segundo tempo. Kaká não passou nesse teste e foi expulso.
Os gols marcados por Luis Fabiano (duas vezes, uma delas ajeitando a bola com o braço) e Elano fazem do Brasil o segundo país classificado para as oitavas de final da Copa do Mundo, depois da Holanda, e o terceiro a conseguir 100% de aproveitamento, junto com holandeses e argentinos. A primeira colocação do Grupo G pode ficar garantida já nesta segunda-feira, em caso de empate entre Portugal e Coreia do Norte, que se enfrentam às 8h30m. Luis Fabiano, agora o artilheiro da era Dunga (com 21 gols), foi eleito o melhor em campo no Soccer City.
O Brasil, que foi a seis pontos, enfrenta na última rodada os portugueses, que por enquanto têm um. Os africanos, que ficaram estacionados em um ponto, encaram os coreanos (que têm zero). Os dois jogos serão realizados ao mesmo tempo, às 11h de sexta-feira.
Seleção é dominada no começo do jogo
Se contra a Coreia do Norte o Brasil demorou a criar um lance de perigo, no jogo deste domingo ele surgiu com menos de um minuto. Robinho puxou contra-ataque, após tabela com Kaká, e arriscou de longe - sem tanto perigo - em vez de tentar o passe para Luis Fabiano, mais bem colocado pela esquerda. O que parecia um bom sinal, entretanto, transformou-se em exceção nos primeiros 20 minutos.
Foi da Costa do Marfim a iniciativa do jogo. Ela não mostrou a mesma retranca do empate por 0 a 0 com Portugal e foi além: avançou a marcação para combater a saída de bola da seleção e dominou o meio-campo. Kaká foi desarmado duas vezes logo no começo, e os brasileiros, que davam a impressão de estarem perdidos, cometeram seis faltas em 14 minutos.
Com dificuldade para dominar a bola e tocá-la no meio-campo, a seleção recorreu a um corta-luz para conseguir sua primeira jogada bem trabalhada na partida, somente aos 19 minutos. Elano abriu as pernas e deixou a bola passar na direção de Maicon, que errou no cruzamento. Se não levou perigo, o lance ao menos serviu para deixar a seleção um pouco mais à vontade no jogo.
Luis Fabiano comemoração Brasil Luis Fabiano é seguido por Robinho na comemoração do primeiro gol brasileiro (Foto: Reuters)
Seis minutos depois, veio o gol de Luis Fabiano. A jogada teve início com Robinho mais recuado e teve sequência com um calcanhar nem tão certeiro de Luis Fabiano e um bom passe de Kaká. O atacante tomou a frente de seu marcador e, na cara do goleiro, soltou a bomba: 1 a 0. Na comemoração, fez o número 6 com as mãos - uma homenagem ao aniversário da filha e, coincidentemente, o número de partidas que passou em branco. Ele havia marcado pela última vez contra a Argentina, em setembro do ano passado.
O gol não pôs o Brasil no caminho do bom futebol. Os erros de passe continuaram acontecendo, somados a falhas bobas no domínio de bola. O nervosismo do time parecia contagiar Dunga, que reclamou da arbitragem e passou o primeiro tempo brigando com o microfone próximo à área técnica, até arrancá-lo do gramado e colocá-lo atrás do banco.
A seleção não conseguiu criar lances de perigo, concluindo apenas uma vez no gol, mas por outro lado mostrou solidez defensiva, com boas atuações de Lúcio e dos volantes Gilberto Silva e Felipe Melo. Com isso, a Costa do Marfim obrigou Julio Cesar a fazer apenas uma defesa em 45 minutos, num chute forte de Yaya Touré.
Com mais espaço, seleção marca mais dois gols
A segunda etapa começou com forte marcação da Costa do Marfim e o Brasil recorrendo a uma jogada individual para fazer 2 a 0. Com uma ajudinha da arbitragem, é verdade. Luis Fabiano dominou a bola duas vezes no braço, e entre elas deu dois balões em adversários, chutando para a rede. Enquanto o atacante voltava para o seu campo, uma cena curiosa: foi abordado pelo árbitro francês Stephane Lannoy, que, sorrindo, quis saber se ele dominara com o braço. Luis Fabiano não teve dúvida: sério, respondeu que não. E mais tarde ouviu seu nome ecoar no Soccer City, como nos tempos de Brasil.
Com exceção de uma cabeçada perigosa de Drogba, a defesa continuava sem grandes sustos. E no ataque o time já encontrava espaços para tocar a bola. Kaká deu um chute perigoso, após passe de Robinho. E no minuto seguinte, aos 17, o meia fez boa jogada pela ponta esquerda, cruzando rasteiro para a conclusão de Elano, que fez seu segundo gol em dois jogos. E mostrou para a câmera suas caneleiras, com os nomes das filhas.
Luis Fabiano ajeita braço golLuis Fabiano domina a bola com o braço antes de concluir e marcar o seu segundo gol (Foto: EFE)
Nervosos com os 3 a 0 da seleção brasileira, os marfinenses começaram a abusar das faltas. Tioté deu uma entrada dura em Elano, que saiu carregado de campo, aos 30 minutos. E Keita fez falta violenta em Michel Bastos, levando cartão amarelo. Até mesmo quando sofriam falta, os africanos provocavam. Como aconteceu com Kaká e Yaya Touré. O brasileiro deu uma entrada mais forte no adversário, mas ficou irritado com uma mão na nuca.
Entregue em campo, o time africano ainda conseguiu arrumar espaço para diminuir, numa falha isolada de posicionamento da defesa brasileira. Drogba recebeu ótimo lançamento de Yaya Touré aos 33 minutos e marcou de cabeça. Felipe Melo ergueu o braço, protestando contra impedimento que não existiu. Esta foi a primeira vez que uma seleção africana fez um gol no Brasil na história das Copas.
O Brasil não se assustou com o gol e continuou tocando a bola. Mas o jogo estava nervoso. Aos 39 minutos, Kaká deu um empurrão em Keita e foi punido com o cartão amarelo. Três minutos depois, recebeu outro amarelo do árbitro, que viu agressão a Keita, e foi mais cedo para o vestiário, desfalcando o time contra Portugal, em Durban.

Ozzy não quer que Johnny Depp o interprete no cinema



Ozzy Osbourne declarou que não gostaria que Johnny Depp o interpretasse no cinema.
Depois de ter citado o nome do ator como um possível intérprete em sua cinebiografia, Osbourne voltou atrás.
O roqueiro de 61 anos afirmou que um inglês deveria fazer seu papel, afinal, ele não nasceu nos Estados Unidos. E completou "eu queria que um garoto de Birmingham (cidade natal do cantor) ficasse com o papel, um ator desconhecido".
O filme sobre o polêmico ex-vocalista do Black Sabbath, conhecido por arrancar cabeças de morcegos em shows, ainda está em fase de produção.

Confira fotos do novo filme de Johnny Depp

  • Johnny Depp no filme The Rum Diary (Reprodução)
Foram divulgadas as primeiras imagens de The Rum Diary, novo trabalho de Johnny Depp.

Baseado no romance de Hunter S. Thompson (que também escreveu Medo e Delírio em Las Vegas), o filme conta a história de um jornalista que, cansado de morar nos Estados Unidos nos anos 50, se muda para Porto Rico e começa a trabalhar em um pequeno jornal de lá.
O elenco contra também com Aaron Eckhart (The Dark Knight), Amber Heard (Zombieland), Giovanni Ribisi (Avatar) e Richard Jenkins (Queime Depois de Ler).

As filmagens começaram em março de 2009 e ainda não há previsão de estreia nos cinemas.
  • A
 história acontece em Porto Rico (Reprodução)

Sharapova entra na torcida do Brasil e treina antes de estreia em Wimbledon

Musa acerta ponteiros para primeiro jogo no torneio e usa casaco da seleção

Por GLOBOESPORTE.COM Londres

sharapova wimbledon treinoMusa das quadras de tênis, Maria Sharapova resolveu dar uma força na torcida para o Brasil na Copa do Mundo. Neste domingo, a russa treinou para sua estreia no Grand Slam de Wimbledon e, após as atividades, vestiu um casaco da seleção brasileira.  (Foto: agência Reuters)
sharapova wimbledon treinoSharapova treina na Inglaterra. Na estreia, a russa, atual número 17 do mundo, vai encarar a compatriota Anastasia Pivovarova, 127ª no ranking. A rival da musa vai substituir a espanhola Maria Sanchez, que seria a 22ª cabeça de chave e desistiu da disputa (Foto: agência Reuters)

Michael Jackson: Filhos do cantor irão para a escola pela primeira vez

Em sua primeira entrevista desde a morte do filho, Katherine diz que quer dar uma vida mais normal aos netos
QUEM Online
Reprodução
Katherine Jackson conta em sua primeira entrevista desde a morte do filho que pretende dar uma vida mais normal para seus netos
Depois de anos vivendo quase escondidos e sob proteção intensa da família, os filhos de Michael Jackson aos poucos estão levando uma vida normal. Segundo o jornal inglês "Daily Mail", Prince, Paris e Blanket Jackson irão para a escola pela primeira vez. Em sua primeira entrevista desde a morte do filho, em junho do ano passado, a avó materna das crianças, Katherine, contou que está determinada a mudar a rotina de seus netos, que sempre estudaram com professores particulares.
"Eu diria que estou sendo menos rigorosa, mas estou tentando seguir o caminho de Michael para criá-los. Mas eles não têm amigos. Eles não vão para a escola. Eles têm aulas em casa. Então decidi que eles irão para um colégio particular pela primeira vez no mês de setembro."
Reprodução
Katherine Jackson fala pela primeira vez sobre a morte do filho, Michael Jackson, em junho de 2009
Katherine contou que, além das lições de casa, Prince, Paris e Blanket têm se divertido com aulas de karate e natação. "Ter a família por perto tem ajudado muito as crianças. Eles saem sempre juntos e se divertem. Eles adoram ouvir as músicas de Michael. Paris fez um santuário para o pai em seu quarto. Então ela vai para cama olhando para ele e acorda olhando para ele."
A mãe de Michael Jackson também se emocionou ao falar do filho. "É difícil para mim falar sem ficar engasgada. A oração tem me ajudado. Não me arrependo de nada e hoje vivo para as crianças. Michael era muito incompreendido. Quero que todos saibam quem era o verdadeiro Michael. Todas essas alegações nos tablóides são falsas. Quem tem filhos pode entender como eu me sinto quando alguém diz alguma mentira sobre ele. Por isso estou lançando um livro. As pessoas não o entendem devido as falsas acusações de abuso sexual. Querem apenas seu dinheiro", disse Katherine.
Um ano após a morte do cantor, ela diz que ainda não acredita que o filho tenha morrido de causas naturais. "Ele era muito jovem para isso, mas algo aconteceu. Eu ouvi das pessoas que ele estava tomando remédios, mas eu nunca vi ele fazendo isso. Não acho que ele tenha morrido de causas naturais. Alguém fez isso. Espero que o próximo ano seja melhor para mim e para a minha família. Espero que as pessoas continuem lembrando de Michael. Sua morte deixou nossa família mais unida. Sinto falta dele todos os dias."

AS MIL FACES DE JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

HUMOR DA NAHH

The current mood of nahh at nahh