quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Johnny Depp me ensinou a gostar de muitas coisas, uma delas foi de Patti Smith.



.
Patti Smith impõe respeito. Da maneira mais delicada. Chega sozinha, de gorro num dia de vento gelado, cabelos caídos na cara, sem pentear, com pouco tempo: “Vamos lá?”
fotos: Simone Delgado
Está gravando o novo disco (o décimo primeiro), dando palestras sobre o livro Just Kids (clique aqui e leia um trecho do livro “Só Garotos”, na tradução para o português) só quase toda noite, fazendo shows, entre eles um no Carnegie Hall pela independência do Tibet, e assim mesmo atendeu ao nosso pedido e veio ao estúdio da Globo em Nova York para gravar o Milênio.
Peço que ela autografe o livro e ao mesmo tempo queremos tirar fotos. Não, uma coisa de cada vez. Ela se dedica inteiramente ao que está fazendo naquele momento. Primeiro autografar (e se alonga em dedicatórias detalhadas), depois a entrevista, depois as fotos. Em cada pequena coisa ela está inteiramente presente e disponível, focada.
Antes de começar dou-lhe um presente, uma edição rara, que achei num sebo, de A Season in Hell, de Rimbaud, bilíngue, ilustrada com fotos deslumbrantes que Robert Mapplethorpe fez para essa edição. Ela tinha o livro mas perdeu em alguma mudança. Fica encantada, mexida.
Começamos a entrevista invocando os grandes espíritos de que vamos falar, lendo Footnote to Howl, o poema de Allen Ginsberg: Santo, santo, santo… Patti gosta de dizer esse texto no palco com sua banda tocando Spell, um rock composto para o poema. Dito assim, a capella, sem a explosão da performance, dá um tom íntimo, sublime e espiritual ao nosso encontro.
Não há como resumir numa entrevista as fulgurâncias de Just Kids, um livro para rir, chorar, delirar, onde o leitor pode reencontrar as emoções de sua própria juventude. Uma história de amor contada com delicadeza.
Vi muitas entrevistas que Patti deu sobre o livro e creio que neste Milênio ela ficou mais perto da essência, da intimidade, que procurou ao recuperar a memória de Robert Mapplethorpe, seu pastorzinho, seu Pã, sua alma irmã, o menino que criou arte de mãos dadas com Deus, cantando com Deus.
A pedido de Patti Smith, a luz usada no estúdio foi mínima, pois ela sofre de fotofobia. Trabalhamos com a luz no limite, com duas cameras muito sensíveis que permitiram isso. Ela ficou grata. “Eu sempre peço pouca luz, mas nunca atendem”, ela disse. “Resultado: eu sempre apareço nas entrevistas de TV apertando os olhos, olhando pra baixo, franzindo o rosto, com cara de maluca”. Neste Milênio, Patti Smith pôde abrir os olhos (de cor violeta) e, frente a frente, nos dar de presente toda a sua doce lucidez.

esmalte do piratas do caribe ..Prévia da Coleção Piratas do Caribe O.P.I.

As Coleções temáticas já se firmaram como um bom filão comercial e a O.P.I. está lançando mais uma lucrativa coleção para o verão, agora inspirada no Filme Piratas do Caribe.
São seis cores pastel, e um  top coat prata craquelado.
  • Mermaid’s Tears,  Stranger Tids,  Planks A Lot,  Skull & Glossbones, Steady As She Rose e Sparrow Me The Drama

  • Silver Shatter _ top coat prata craquelado
O tom trash desta coleção ficou por conta do Silver Shatter. Numa ótima sacada dos criadores, o crack quebrou a delicadeza das cores, situando as unhas ao clima do filme.
Apesar da boa sacada, desta vez vou  preferir não emitir minha opinião pessoal sobre craquelados para não influenciar a de vocês.
A coleção deve sair em maio junto com o lançamento do novo filme.
Vamos lá, o que acharam? Pretendem investir?
9ml_monica
via www.jphnnydepp.com.br

Michelle Pfeiffer e Helena Bonham Carter no novo filme de Tim Burton


A nova parceria do diretor Tim Burton (“Alice no País das Maravilhas”) com o ator Johnny Depp (“Piratas do Caribe”) será a adaptação cinematográfica da série “Dark Shadows”. A produção começa agora a fechar o resto do elenco e as atrizes Michelle Pfeiffer (“Hairspray”) e Helena Bonham Carter (“O Discurso do Rei”) devem ser confirmadas oficialmente em breve.
Helena é esposa do diretor e já trabalhou com ele diversas vezes. Ela será a Dra. Julia Hoffman, especialista em psicologia e portadora de uma rara doença no sangue. Inicialmente, Julia surge como uma pessoa para tratar da sede por sangue do vampiro Barnabas Collins (Johnny Depp), mas acaba se tornando sua grande aliada.

Michelle, por sua vez, trabalhou com Burton em “Batman – O Retorno” (1992), filme no qual interpretou a Mulher-Gato. Em “Dark Shadows”, ela viverá Elizabeth Collins Stoddard, a reclusa matriarca da família Collins, que comanda a cidade de Collinwood, no Maine.
Já estão confirmados no elenco Jackie Earle Haley (“A Hora do Pesadelo”) no papel de Willie Loomis, um bandido que tenta roubar o caixão de Barnabas Colllins e vira seu escravo, Eva Green (“007 – Cassino Royale”) como Angelique, poderosa bruxa que é, ao mesmo tempo, seduzida e atormentada por Barnabas, e Bella Heathcote (série “Neighbours”) na pele de Victoria Winter, a jovem governanta da mansão da família Collins e principal personagem da trama original.
Na história da soap opera de 1966, Victoria Winters é contratada para trabalhar para a família Collins e começa a presenciar estranhos acontecimentos na velha mansão da família, especialmente após a chegada de seu assustador patriarca, o antigo vampiro Barnabas Collins.
Tim Burton já conta com um roteiro definitivo. Seth Grahame Smith (autor do livro “Abraham Lincoln: Vampire Hunter” e da série “The Hard Times of R.J. Berger”) revisou o roteiro original, escrito por John August (“Peixe Grande e suas Histórias Maravilhosas”).
As filmagens começam em abril, com estreia prevista para 2012.



Helena é esposa do diretor e já trabalhou com ele diversas vezes. Ela será a Dra. Julia Hoffman, especialista em psicologia e portadora de uma rara doença no sangue. Inicialmente, Julia surge como uma pessoa para tratar da sede por sangue do vampiro Barnabas Collins (Johnny Depp), mas acaba se tornando sua grande aliada.


A nova parceria do diretor Tim Burton (“Alice no País das Maravilhas”) com o ator Johnny Depp (“Piratas do Caribe”) será a adaptação cinematográfica da série “Dark Shadows”. A produção começa agora a fechar o resto do elenco e as atrizes Michelle Pfeiffer (“Hairspray”) e Helena Bonham Carter (“O Discurso do Rei”) devem ser confirmadas oficialmente em breve.
Helena é esposa do diretor e já trabalhou com ele diversas vezes. Ela será a Dra. Julia Hoffman, especialista em psicologia e portadora de uma rara doença no sangue. Inicialmente, Julia surge como uma pessoa para tratar da sede por sangue do vampiro Barnabas Collins (Johnny Depp), mas acaba se tornando sua grande aliada.

Michelle, por sua vez, trabalhou com Burton em “Batman – O Retorno” (1992), filme no qual interpretou a Mulher-Gato. Em “Dark Shadows”, ela viverá Elizabeth Collins Stoddard, a reclusa matriarca da família Collins, que comanda a cidade de Collinwood, no Maine.
Já estão confirmados no elenco Jackie Earle Haley (“A Hora do Pesadelo”) no papel de Willie Loomis, um bandido que tenta roubar o caixão de Barnabas Colllins e vira seu escravo, Eva Green (“007 – Cassino Royale”) como Angelique, poderosa bruxa que é, ao mesmo tempo, seduzida e atormentada por Barnabas, e Bella Heathcote (série “Neighbours”) na pele de Victoria Winter, a jovem governanta da mansão da família Collins e principal personagem da trama original.
Na história da soap opera de 1966, Victoria Winters é contratada para trabalhar para a família Collins e começa a presenciar estranhos acontecimentos na velha mansão da família, especialmente após a chegada de seu assustador patriarca, o antigo vampiro Barnabas Collins.
Tim Burton já conta com um roteiro definitivo. Seth Grahame Smith (autor do livro “Abraham Lincoln: Vampire Hunter” e da série “The Hard Times of R.J. Berger”) revisou o roteiro original, escrito por John August (“Peixe Grande e suas Histórias Maravilhosas”).
As filmagens começam em abril, com estreia prevista para 2012.


QUE FOFOOO 2

Johnny Depp sobre seus filhos: "Primeira coisa que deve saber é que eles se tornam oficialmente adolescentes aos 13 anos, ... +

QUE FOFOOO

"Quando meus filhos voltaram da estréia de Fantástica Fábrica eu estava muito nervoso. 'Vocês gostaram?' ..


.. e minha filha olhou pra mim e disse: 'Você é muito estranho,'http://bit.ly/dZWa4U. Pude ver que gostaram." - Johnny Depp

AS MIL FACES DE JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

HUMOR DA NAHH

The current mood of nahh at nahh