sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Um dos grandes filmes de johnny Depp-Edward Mãos de Tesoura (1990)




Edward Mãos de Tesoura é o primeiro filme de Tim Burton em parceria com Johnny Depp, atualmente um dos atores mais cultuados do cinema mundial. Edward Mãos de Tesoura é conhecido por ser um conto de fadas contemporâneo.

O filme começa com uma garotinha perguntando para a avó o porque de estar nevando. E é assim que a velhinha começa a narrar a história do homem que tinha tesouras no lugar das mãos. Ele vivia num cinzento castelo no topo de uma colina. Era a criação de um inventor que morrera antes de concluir sua obra, não tendo tempo de lhe colocar mãos normais. O homem ficara incompleto e sozinho. Seu nome era Edward. Naquela manhã ensolarada, os negócios não vão bem para Peg Boggs, revendedora de produtos Avon. Em busca de nvos clientes, ela dirige até os portões enferrujados da construção. é nítido o contraste entre as cores tom pastel das casas dispostas pelas ruas monótonas e a tortuosidade escura e decadente do castelo. Sua aparência faz jus a fama de mal-assombrado. Porém, em vez de fantasmas, Peg encontra um jardim repleto de flores e arbustos esculpidos em forma de animais. "Avon chama", mas ninguém vem recebê-la. Então, ela vai entrando, anunciando sua presença e subindo as escadarias até o topo, onde vislumbra um jovem extremamente pálido e tímido. Com seu jeito amigável, ela o incentiva a sair do cantinho sombrio em que se esconde. Somente quendo ele se levanta e, um tanto desengonçado, caminha em sua direção, é que ela percebe as enormes tesouras no lugar das mãos. A criatura se apresenta como Edward. Apesar do susto incial, não há razão para temer aquele ser dócil, cujo pai, o Inventor, nuca mais acordou. As cicatrizes no rosto dele, ela lojo diagnostica, pedem, ao menos, um adstringente. Mas aquele coração solitário precisa de um lar. É o que ela lhe oferece. Edward Mãos de Tesoura é sobre isso, a vida na cidade, a paixão de Edward por Kim, filha de Peg, e o preconceito acerca de suas incríveis "mãos".

Tim Burton é um diretor conhecido por seus filmes nada comuns. Entre esses filmes está uma ainda inédita versão sombria de Alice no País das Maravilhas, com, é claro, Johnny Depp no papel do Chapeleiro Louco. Todos os filmes de Tim Burton são esteticamente maravilhosos, e Edward Mãos de Tesoura não foge disso. A cidade é, como já dito, em ttons muito coloridos, e Edward é como se fosse um homem de duas cores. Preto e branco. Isso torna o filme uma das mais belas obras de Tim Burton. O diretor comanda a película de forma arrebatadora, com ótimas tomadas, um ótimo visual e o mais importante: uma precisão quase inigualável.

O elenco é comandado por Johnny Depp, Dianne Wiest, Winona Ryder e Alan Arkin. Johnny Depp faz uma atuação impressionante como Edward, apesar do personagem ter pouquissímas falas. Dianne Wiest faz um atuação razoável como Peg, a mãe adotiva de Edward. O segundo trabalho de Winona Ryder com Tim Burton (o primeiro foi Os Fantasmas Se Divertem). A intérprete de Kim é uma boa atriz, pena que atualmente só faz filmes menores e sem brilho. Alan Arkin é um ator já renomado, acabou de ganhar seu primeiro Oscar pelo road-movie Pequena Miss Sunshine, em que interpretava o avô de Abigail Breslin, um homem viciado em drogas e pornografia. Sua atuação em Edward Mãos de Tesoura não é tão grande, por isso não se destaca.

O roteiro do filme é brilhante, escrito pelo próprio Tim Burton. O filme tem uma originalidade única. Sua fotografia é belíssima. A maquiagem do filme é ótima, fazendo Johnny Depp ficar quase irreconhecível. Edward Mãos de Tesoura perdeu essa categoria do Oscar para Dick Tracy, um filme de Warren Beatty.

O filme é uma grande pedida para um sessão sem compromissos. Mas isso não torna o filme inferior. Considero uma das melhores películas de Tim Burton, e uma das melhores atuações de Johnny Depp. Recomendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AS MIL FACES DE JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

HUMOR DA NAHH

The current mood of nahh at nahh