quinta-feira, 25 de maio de 2017

A maldição e a benção de Johnny Depp é um tal pirata Jack Sparrow




Johnny Depp é Jack Sparrow (Walt Disney Studios Motion Pictures)
Johnny Depp tem uma maldição que o persegue, tal qual um pirata em uma embarcação assombrada.
O fantasma é ele próprio, ou melhor, seu personagem na franquia Piratas do CaribeJack Sparrow assombra o astro hollywoodiano há pelo menos 14 anos.
Foi, em 2003, quando chegou aos cinemas o primeiro filme da série, A Maldição do Pérola Negra. A bênção de Depp, um ator sempre à vontade diante do estranho e do esquisito – assim surgiu, aliás, como Edward Mãos de Tesoura no filme de Tim Burton, em 1990.
Com A Maldição, Depp encontrou seu tom. Seu pirata canastrão era tão adorável quanto alcoolizado, tão sacana quanto amável. A produção garantiu mais de US$ 654 milhões e deu ao ator uma indicação para o Oscar.
Depois disso, os anos 2000 foram dele – e mais duas indicações da Academia vieram. Na última, com Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet, em 2008, Deppmostrava esgotamento. Seu barbeiro era similar demais a Sparrow.
O Chapeleiro Maluco de Alice no País das Maravilhas, também. Vieram papéis menores, dos quais era impossível se descolar da imagem do pirata canastrão.
Até em suas performances como músico, Depp sobe ao palco como uma versão limpinha de Sparrow, oras.
Se fosse protagonista do próprio filme, Depp veria o ápice da carreira com Sparrow. Depois disso, só o abismo.
As acusações de agressões à ex-mulher Amber Heard, a rejeição dos fãs a Animais Fantásticos e Onde Habitam por conta disso e as notícias de falência só confirmam isso.
É hora de Depp deixar Sparrow para trás. Para seu próprio bem.

via   Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AS MIL FACES DE JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

HUMOR DA NAHH

The current mood of nahh at nahh