quarta-feira, 26 de agosto de 2015

NOTA DA DIOR SOBRE JOHNNY DEPP

CORPO E ALMA


FB_IMG_1440449561012

Até agora ele nunca havia sido o rosto de uma fragrância. Ele nunca retratou ninguém além dos personagens que marcaram sua ilustre carreira. Johnny Depp é agora o homem “selvagem” da Dior.
Uma incrível osmose com um projeto feito sob medida para ele. Um mundo no qual ele se encaixa perfeitamente.

Johnny Depp é um ator extraordinário, cheio de mistério. Um ídolo. Uma lenda das telas e uma das poucas lendas de Hollywood vivas nos dias de hoje. Sabemos que ele tem o rock na alma, mas é a sua atuação que melhor descreve o retrato de um ator talentoso.
Alguém atormentado, capaz de divergência e obscuridade, bom humor e excesso, classicismo e vanguardismo.
De John Waters à Jim Jarmusch, sem mencionar Kusturica e Terry Gilliam, sua carreira tem sido uma longa série de escolhas ousadas. Fiel à Tim Burton, seus intensos e insondáveis personagens não cansam de impressionar.
PARA A DIOR E JEAN-BAPTIST MONDINO…
Ele não se impõe limites. Transformando-se em “selvagem”, desnudado, um moderno xamã que não teme a aspereza da missão e nem suas emoções.
Um papel sem precedentes para atuar no qual ele quebra o molde de sua própria identidade.
__ Ator e homem emergido em um.
__ As máscaras caíram.
__ Johnny Depp se doa de corpo e alma para a Dior.
__ Seja bem vindo, Johnny Depp.
Tradução: Depplovers


via  DeppLovers



Nenhum comentário:

Postar um comentário

AS MIL FACES DE JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

HUMOR DA NAHH

The current mood of nahh at nahh