terça-feira, 29 de novembro de 2011

Queridinhos dos diretores

Confira as parcerias que deram certo no cinema






FAMOSIDADES

Por CAMILLA PEREZ
SÃO PAULO - Não precisa ser um cinéfilo de carteirinha, para notar que alguns diretores têm sempre seus atores e atrizes preferidos para atuarem em seus filmes.
O que poderia se tornar cansativo, na verdade acabou ajudando para firmar ainda mais a carreira de alguns astros das telonas.
Além disso, as parcerias se tornaram tão boas que os fãs da sétima arte só têm a agradecer.
Desta forma, o Famosidades selecionou dez grandes nomes do cinema e, em duplas, eles foram relacionados a cinco diretores. Bateu a curiosidade? Então, clique nas próximas páginas e divirta-se!

Arquivo Famosidades
Como começar esta lista, senão por Penélope Cruz Pedro Almodóvar? A parceria do diretor espanhol com a atriz tem sido tão boa, que eles não se cansam de trabalhar juntos. E o talento da morena, é claro, tem ficado cada vez mais evidente! O último filme da dupla foi “Abraços Partidos” (2009). Antes, porém, tiveram outras três produções: “Carne Trêmula” (1997), “Tudo sobre Minha Mãe” (1999) e “Volver” (2006).

Arquivo Famosidades
E será que Penélope Cruz foi a primeira musa inspiradora de Pedro Almodóvar? Que nada!Carmen Maura pode não ser tão assediada quanto a esposa de Javier Bardem, mas suas atuações sob a direção do espanhol são dignas de admiração. “Pepi, Luci, Bom y Otras Chicas del Montón” (1980), “Maus Hábitos” (1983), “Que Fiz para Merecer Isto?” (1984), “Matador (1986)”, “A Lei do Desejo” (1987), “Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos (1988)” e “Volver (2006)” são os filmes nos quais os dois trabalharam juntos.
Arquivo Famosidades

Pergunta: Johnny Depp é o ator ideal para dar vida às loucuras de Tim Burton. Resposta: Com certeza! A parceria dos dois começou em “Edward Mãos de Tesoura” (1990) e tem sido um sucesso absoluto até os dias atuais. Após o primeiro filme, logo surgiram outros: “Ed Wood” (1994), “A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça (1999)”, “A Fantástica Fábrica de Chocolate” (2005), “A Noiva Cadáver” (2005), “Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet” (2007) e “Alice no País das Maravilhas” (2010).

Arquivo Famosidades

A parceria entre Helena Bonham Carter Tim Burton foi tão boa, mas tããão boa que o diretor “só” se casou com a atriz inglesa! Não é preciso dizer mais nada, né? Ah, sim, os filmes: “Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas” (2003), “A Fantástica Fábrica de Chocolate” (2005), “A Noiva Cadáver” (2005), “Sweeney Todd: o Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet” (2007) e “Alice no País das Maravilhas” (2010)




Arquivo Famosidades




Leonardo DiCaprio Martin Scorsese formam mais uma dupla de sucesso, nos cinemas. A parceria deu tão certo que o diretor se consagrou com um Oscar por “Os Infiltrados” (2006). Além deste filme, eles também trabalharam juntos em: “Gangues de Nova York” (2002), “O Aviador” (2004), “Ilha do Medo” (2010) e “The Rise of Theodore Roosevelt” já é o próximo trabalho dos dois.




Arquivo Famosidades


E sabe quem ultrapassou a marca de Leonardo DiCaprio, quando o assunto é a parceria comScorsese? Ninguém menos do que Robert De Niro. No total, foram seis parcerias: “Táxi Driver” (1976), “New York, New York” (1977), “Touro Indomável” (1980), “Os Bons Companheiros” (1990), “Cabo do Medo” (1991) e “Cassino (1995)”.




Arquivo Famosidades


Atualmente, Scarlett Johansson é a queridinha de Woody Allen. A parceria entre a atriz e o diretor começou em “Match Point – Ponto Final” (2005) e, depois, continuou com “Scoop – O Grande Furo” (2006) e “Vicky Cristina Barcelona” (2008).




Arquivo Famosidades




Assim como Pedro Almodóvar, o diretor Woody Allen também teve uma musa inspiradora mais “experiente” antes de chegar às beldades de atualmente. Diane Keaton, por exemplo, chegou a ter um romance com Woody. Pois é! Juntos, eles trabalharam nos seguintes filmes: “Men on Crisis: The Harvey Wallinger Story” (1971), “O Dorminhoco” (1973), “A Última Noite de Boris Grushenko” (1975), “Noivo Neurótico, Noiva Neurótica” (1977) – que rendeu à atriz seu primeiro Oscar –, “Interiore” (1978), “Manhattan” (1979), “A Era do Rádio” (1987) e “Um Misterioso Assassinato em Manhattan” (1993).


Arquivo Famosidades




A parceria entre Michael Caine Christopher Nolan começou em “Batman Begins” (2005) e continuou nos outros filmes do herói-morcego: “Batman – O Cavaleiro das Trevas” (2008) e o novíssimo, que ainda nem estreou, “Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge” (2012). Porém, um pouquinho antes, o diretor se aventurou em “A Origem” (2010) e trabalhou com o ator veterano das telonas. Se o longa já prometia ser bom, ficou ainda melhor!




Arquivo Famosidades




Para fechar esta lista, lá vai uma promessa: Joseph Gordon-Levitt. O ator, que até então era mais conhecido no cenário indie – como, por exemplo, em sua atuação em “500 Dias Com Ela” (2009) –, teve a oportunidade de realizar seu primeiro trabalho sob a direção de Christopher Nolan, em “A Origem” (2010). A dupla se deu tão bem que o diretor convidou o rapaz para atuar em “Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge” (2012). Alguém tem dúvidas de que mais parcerias vão surgir em breve?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

AS MIL FACES DE JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

HUMOR DA NAHH

The current mood of nahh at nahh