quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Diretor abandonou aposentadoria e voltou a beber por filme com Johnny Depp


The Rum Diary, filme produzido e estrelado porJohnny Depp, mexeu bastante com a vida do roteirista e diretor Bruce Robinson. Além de ter voltado à ativa depois de mais de dez anos de aposentadoria, ele também voltou a beber para escrever o roteiro, baseado em um livro de Hunter S. Thompson.

Em uma entrevista ao site do jornal britânicoThe Independent, ele contou que só aceitou largar a aposentadoria por insistência de Depp - que prometeu ao próprio Thompson que o filme seria feito por Robinson - e que conseguiu voltar à sobriedade assim que terminou a produção, apesar de seu histórico de alcoolismo.

“Eu estava sentado em frente à máquina de escrever com seis anos e meio de sobriedade conquistados. E por causa daquele título, “The Rum Diary”, meu lado criativo dizia “VÁ”. E o lado AA (Alcoólicos Anônimos) dizia “NÃO”. O resultado é que eu não conseguia escrever uma maldita linha. Nada, nada, nada”, contou.

Ele lembra que então disse para sua esposa, Sophie, “não consigo. Talvez - isso pode um desvio do álcool, mas...talvez eu não consiga escrever isto a não ser que tome um pouco de vinho”. E, para sua surpresa, ela respondeu “bem, então você vai ter que tomar um pouco”.

Robinson lembra que passou a tomar uma garrafa de vinho por dia e que pelo menos uma vez ficou bêbado com Depp ao tomar litros de cerveja em um lugar chamado Fajardo, onde estava muito, muito quente. Mas ele garante que, assim que o roteiro ficou pronto, abandonou o álcool totalmente. “Quando não estava mais no ambiente de Johnny eu voltei à sobriedade”, disse.

O diretor disse que pode até vir a tomar uma taça de vinho ocasionalmente, mas que pretende voltar a frequentar as reuniões do AA. A boa notícia, no entanto, é que a experiência despertou nele a vontade de voltar a trabalhar.

The Rum Diary me ‘desvacinou’. Eu agora tenho esse desejo real de fazer isso novamente”. Mas isso não significa que ele queira voltar aos estúdios. “Quando começamos a filmar, meu primeiro lema foi ‘não vou chegar perto de um estúdio’. Se a câmera não couber, nós derrubamos a parede’. A experiência toda foi como um sonho. O produtor do filme é Johnny. O que significa quer, enquanto ele estiver no set, sorrindo, com seu braço ao meu redor, eu estou f* salvo”, completou.

The Rum Diary, onde Depp faz o papel de Paul Kemp, um jornalista freelance que escreve para um jornal no Caribe (um alter ego do próprio Hunter S. Thompson), ainda não tem data para lançamento, mas a previsão é que ele estreie por volta de setembro deste ano.
Bruce Robinson não escrevia um roteiro desde 1999, quando fez Premonição, e não dirigia um filme desde 1992, ano em que foi lançado Jennifer 8 - A Próxima Vítima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AS MIL FACES DE JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

JOHNNY DEPP

HUMOR DA NAHH

The current mood of nahh at nahh